Pular para o conteúdo principal

"Sigam-me os bons!"


Faltam exatos 7 minutos para meia noite e apenas mais um dia para que eu embarque junto com os meus dois para o Brasil.

Então eu deveria ter ido dormir, mas como, depois de vir morar aqui, eu já acho que Natal sem neve não tem graça nenhuma, assim como blog sem comentário e sem resposta aos leitores também não, então aqui vai alguns recados rápidos, já que eu preciso mesmo ir tentar dormir para o dia longo que virá:

1. Respondi os comentários supimpas que vocês fizeram nos últimos posts...

Eu ainda não consegui responder os comentários recentes do post "Nove porteiras" que está no concurso, embora eu tenha ficado super mega feliz com o que vcs escreveram.

Ainda falta responder uns posts que eu gostei muito de fazer e que estão aí abaixo, e cujos comentários foram muuuito lindos e bons. Não consegui, mas ainda tentarei.

2. Passaremos quase um mês e meio na terrinha e vê se vocês pedem para pararem a chuva aí. Tomei chuva aqui os dois meses que passaram inteiros e não aguento mais cinza e chuva. Eu tô precisada de sol, céu azul e calor! Please!!! rs...

3. Obrigada, do fundo do coração mesmo, a todo mundo que votou no meu post lá no blog da Lola. Obrigada por quem também está incentivando o concurso de alguma forma.

A votação e o concurso se encerram no fim do mês, então, se você não passou por lá ainda há tempo. Eu já conferi que há textos muito bons por lá e já fiz "amizade" com uma molerada danada autora dos textos... apesar de eu também não ter dado conta de ler tudo ainda. Apreciem! Sem contar o que vocês ganham conhecendo o pessoal também é um jeito de fazer-se presente na blogosfera.

Bom! Não esqueçam do concurso! Eu vou partir, mas não partam meu coração! ó que brega!!!!

4. Ah! Por último ainda farei outro post de despedida para o Natal, mas infelizmente não está dando tempo de visitar o canto de vocês! Por outro lado, consegui resolver quase tudo por aqui, fechando o ciclo de 2009... É a primeira vez que estou realmente organizada e com as malas quase prontas! eu não procrastinei! oba!

5. Agora um beijo de boa noite! Puss-puss! (acabo de ouvir o Ângelo chorar na cama, sonhando, e chamando por mim no sonho... Engraçado a gente ser a figura central da vida de alguém tão pequenininho.... Fui!)



Comentários

Rita disse…
Boa viagem, querida!! Seja bem vinda!!

bjs
Rita
Beth/Lilás disse…
Então a borboletinha vai bater suas asinhas no ciclo da natureza de sempre, ou seja, passar o verão em terras tupiniquins para dar um tempinho neste invernão!
Venham com Deus, queridos!
bjs cariocas
Mariana disse…
Boa viagem para vcs e que vc leve um pouco de sol para nossa terra porque está todo mundo embolorando por lá.

um beijo
Somnia Carvalho disse…
Queridas amigas virtuais sempre presente!

obrigada!!! e obrigada pela companhia calorosa desse ano que passou!!!

beijocas
Lúcia Soares disse…
Oi, Sônia. São Paulo espera por vocês ensolarado e amigo!
Claro que mesmo que chova será pouco, não dá pra chover por 1 mês e meio!!
Deus acompanhe vocês 3 nessa viagem para esse nosso paraíso chamado Brasil. Bj e boa viagem!

Postagens mais visitadas deste blog

"Ja, må hon leva!" Sim! Ela pode viver!

(Versão popular do parabéns a você sueco em festinha infantil tipicamente sueca) Molerada! Vocês quase não comentam, mas quando o fazem é para deixar recados chiquérrimos e inteligentes como esses aí do último post! Demais! Adorei as reflexões, saber como cada uma vive diferente suas diferentes fases! Responderei com o devido cuidado mais tarde... Tô podre e preciso ir para a cama porque Marinacota tomou vacina ontem e não dormiu nada a noite. Por ora queria deixar essa canção pela qual sou louca, uma versão do "Vie gratuliere", o parabéns a você sueco. Essa versão é bem mais popular (eu adorava cantá-la em nossas comemorações lá!) e a recebi pelo facebook de minha querida e adorável amiga Jéssica quem vive lá em Malmoeee city, minha antiga morada. Como boa canção popular sueca, esta também tem bebida no meio, porque se tem duas coisas as quais os suecos amam mais que bebida são: 1. fazer versão de música e 2. fazer versão de música colocando uma letra sobre bebida nela. Nest

Mãe qué é mãe mesmo...

(Picasso, Mãe e criança, 1921) Mãe qué é mãe mesmo... Já deu uma de cientista e foi até o quarto do bebê só para checar se ele respirava. Já despencou de sono em cima dele, feito uma galinha morta, enquanto amamentava. Já caminhou pela casa na ponta dos pés, como uma bailarina, só para não acordar o pimpolho. Mãe qué é mãe mesmo... Já perdeu a conta das mamadas e esqueceu qual o peito deveria dar. Já deu oi pro lindo rapaz que dormia ao seu lado e dormiu antes de continuar a conversa. Já adquiriu habilidades múltiplas como comer com uma mão só e fazer xixi com o bebê no colo. Mãe qué é mãe mesmo... Ama e odeia, ama e odeia. Às vezes chora e muitas vezes sorri. É ao mesmo tempo carrasca e heroína. Mãe... é uma garota crescida com uma boneca de verdade nos braços. Precisa de atenção e carinho tanto quanto seu brinquedo.

Azulejos em carne viva? O que você vê na obra de Adriana Varejão?

( "Azulejaria verde em carne viva" , Adriana Varejão, 2000) Gente querida, Domingão a noite e tô no pique para começar a semana! Meu grande mural preto, pintado na parede do escritório e onde escrevo com giz as tarefas semanais, já está limpinho, com a maior parte "ticada" e apagada. Estou anotando aqui o que preciso e gostaria de fazer até o fim desta semana e, entre elas, está finalizar a nossa apreciação da obra de Adriana Varejão , iniciada há dias atrás. Como podem ver eu não consegui cumprir o prazo que me dei para divulgação do post final, mas abri mão de me culpar e vou aproveitar para pensar mais na obra com vocês. Aproveito para convidar quem mora em São Paulo a visitar a exposição da artista, em cartaz no   MAM , Museu de Arte Moderna, no Parque Ibirapuera, com entrada gratuita e aberta ao público até 16 de dezembro deste ano. ("Parede com incisões a La Fontana", Adriana Varejão, 2011) Para "apimentar" a dis