Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

"I'm in love and always will be..."

("White flag", Dido) Não resisti a compartilhar "White flag" hoje. O céu está cinza cinza, um clima de estudo e quietude delicioso (apesar da falta de chuva e secura do ar, eu sei!).  Tenho um longo dia de trabalho pela frente, mas como hoje posso fazer isso daqui de casa já comecei bem com a voz suave e o inglês delicioso da britânica Dido! Ontem, voltando do trabalho de carona com  meu amigo Luís e ouvindo " Good time for a change " ("The Smiths"), eu me lembrei de alguns anos atrás, quando eu e Renato éramos namorados e eu vivíamos ouvindo isto no carro, ele cantando e eu com a cabeça tombada no ombro dele... Me veio uma sensação incrivelmente boa de sentir o quanto ainda sou apaixonada por ele (sorte minha ele ainda parecer sentir o mesmo por mim! rs). E olhe que esta cena tem quase 10 anos! De quebra, agora de manhã, o refrão dessa deliciosa baladinha de "White flag' não sai da minha cabeça! E  vou continuar aqui canta

Concurso Prorrogado! "Um casamento, mil lembranças": agora só falta sua história!

("I say a say a litle prayer", em "O casamento do meu melhor amigo) Queridas e queridos, Eu estava quase me atirando da ponte quando vi que nenhuma alma viva casada ou participante de quaisquer casamento na vida havia me enviado um texto para o terceiro concurso de textos do "Borboleta". Passaram-se quase 4 semanas depois do anúncio e aí recebi dois textos lindérrimos, sobre o casamento da Luciene e do Marcelo , escrito pela querida Lichia  Lu Brito , e o texto da Dri Cechetti (já vencedora no anterior, cuja pintura ganha aqui está pendurada na linda sala da casa nova dela e cujo texto será publicado na próxima semana) para começar. Aí, claro! Eu pulei de alegria, voltei da ponte e estou aqui dizendo que (perdoem-me! pela falta de noção com o tempo) nosso concurso foi prorrogado. Você pode enviar seu texto até 10 de Julho. Até lá vai fuçando em caixas de fotografia, vai fuçando a memória, tirando de lá lembranças, sons, cheiros, piadas e jogue t

Quer saber o que diz quem que já fez o Fórum Landmark?

Gente querida, Estou organizando para amanhã, das 19:00 às 22:00h, uma das últimas Introduções ao Fórum Landmark , juntamente com um outro grupo. Já até passou pela minha cabeça que vocês devem pensar que posso ter sido abduzida por ETs landmarkianos ou qualquer coisa do gênero, porque tenho falado muito deste curso que fiz em 2011 e no qual, agora, sou uma das pessoas a fazer com que ele continue acontecendo no Brasil. Entretanto, como criei no Fórum a possibilidade de seguir em frente com tudo que importa de fato para mim sem criar historinhas sobre o que os outros vão achar, resolvi insistir no convite do que para mim foi uma das conquistas mais valiosas que já fiz na vida. Como já falei demais eu pedi a algumas pessoas graduadas se elas poderiam compartilhar os maiores ganhos que tiveram com o Fórum, quais os principais saltos que sentem ter ocorrido após os 3 dias de curso e o que continuam ganhando. O Fórum Landmark, nas minhas palavras e experiência é um curso de auto

Um casamento, mil lembranças: Luciene e Marcelo

(Luciene e Marcelo em seu casamento, Aldeia da Serra, SP, 2009) O primeiro texto para nosso concurso "Um casamento, mil lembranças" é da querida Luciene Brito, minha amiga virtual há vários anos e real há pouco mais de um, também autora do Licha Doce .  A Lu é uma moça encantadora. "Môça" com a boca cheia, igual fala a minha menina Marina. Acho que poucas pessoas que já conheci na vida são tão delicadas, agradáveis e cuidadosas com os outros como a Lu.  Foi um prazer enorme ver o texto dela na minha caixa de email. Texto, aliás que me fez quase roer unhas e suspirar ao contar a história dos preparativos e das lembranças que tem do grande dia em que se uniu ao seu adorado companheiro de jornada. Apreciem!!! E inspirem-se para enviar suas histórias! Lu, obrigada!!! ... ("Enfim casados!", Luciene e Marcelo, Aldeia da Serra, SP, 2009) "Era uma linda manhã de sábado, indecisa entre o sol tímido e o ar gelado. Ela senta

"Ser mãe", por Melina Aguiar

(Eu com 9 meses de gravidez da Marina e Ângelo, a pedidos da Mel, apesar da foto estar meio borrada) Minha amiga Mel, também conhecida como Melina Aguiar, é fisioterapeuta, especializada em Obstetrícia. Tem formação primeira em Esporte e depois de muitos anos decidiu dedicar-se completamente a um trabalho que adora fazer: criar uma empresa própria, a " Preparo de Parto ", cujo objetivo é acompanhar mulheres grávidas apoiando-as em quaisquer problemas ou ajuda que precisem durante este período. A Mel é como uma personal para grávidas, mas entendida em tudo que a grávida precisa para passar bem este período. A Mel acompanha muitas mães em um dos momentos mais mágicos de sua vida, desde a transformação do corpo e mente para abrigar a nova criatura no ventre até que esta venha ao mundo mudando de vez a realidade de quem a abrigou. Eu convidei a Mel para escrever para o dia de hoje e ela nos fez este belíssimo texto!  É para vocês!!! Com muito amor!!! Feliz

Quer saber o que você fez com a Dora?

("As costureiras", Edouard Vuillard) Gente bonita, Estava devendo este post, mas agora creio que consegui receber os depósitos de todas as pessoas que me pediram para esperar porque queriam ainda contribuir com o " A Dora, a Joana, um sonho em comum e você ". Joana, no caso, é a Marinalva. Depois do post em que eu dei o " resultado final " (R$2.663,09) da campanha ainda recebemos R$330,00 a mais o que ajudou a somar uma quantia total arrecadada de R$2.993,09 Com este dinheiro vocês já pagaram uma máquina industrial para a Marinalva , agora mais ainda conhecida na escola toda, porque não pára de contar sua mais nova realização e convidar as pessoas a lhe darem ajustes e costuras a fazer. A Mari está ganhando algum dinheiro com a máquina já, está buscando outras formas de obter costuras de uma empresa para trabalhar em horas extras em casa e está muito, muito feliz. Ela me diz isso todas as vezes que nos encontramos. A Dora me trouxe alguns

Quer aprender dinamarquês e não sabe por onde começar?

Se você é leitora e leitor deste blog há mais tempo com certeza irá se lembrar do  Tiago Marchezi , meu amigão, quem conheci em Malmö e viveu grandes momentos com a gente lá. O Tiago e a família toda está de volta ao Brasil, mas antes de viver na Suécia onde a gente se conheceu ele viveu por mais de 16 anos na Dinamarca, ali mesmo onde eu cruzava a ponte e chegava a Copenhaguem. De volta à terrinha o Tiago resolveu que não dá para enterrar tudo que sabe de dinamarquês e inglês com ele aqui apenas falando português diariamente. Eu sempre penso o mesmo do meu suequinho que continua firme e forte na minha cabeça e língua e eu mesma já falei  aqui  o quanto acho maravilhoso  aprender outras línguas  além das nossas! É uma aproximação automática que se tem com o país, o povo, a cultura... algo fantástico que só com conhecimento da língua acontece! Bom, mas eu não chego nem aos pés do Tiagão em línguas escandinavas e por isso resolvi divulgar os contatos do meu amigo para todos o