Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Diálogos inesquecíveis com Marina: "eu não nasci de óculos", mas eu amo um!

(Pose, Marina com seus "óscus", S. Paulo, abril de 2012) Há uns três anos, publiquei um post com um dos " Diálogos Inesquecíveis com Ângelo " e me lembrei novamente hoje, enquanto acompanhava o banho dele com a irmã, como tiro poucas fotos dela ou filmo-a tão menos ou escrevo nada quase sobre os "Diálogos Inesquecíveis com Marina". Sem contar o fato de estar agora no Brasil e antes querer dar "notícia" para a família, com duas crianças o tempo que era escasso vira algo que não lhe pertence. Entretanto, estas fases são tãoooo lindas, tão incríveis que penso todos os dias: "por isso a gente tem filhos! porque a natureza quer que nós nos lembremos de coisas simples assim como uma "fuguiga!"... que a gente se encante com um nossa! um cachorro atravessando a rua... Sim! Aquele animal estranho com um rabo pendurado atrás e faz: "au, au, au". Aqui vai uma foto da Marina quem me só confirma como é maravilhoso poder acompan

"Operações de fachada": quais são as suas?

No início de dezembro do ano passado eu vivenciei uma das transformações mais ricas e marcantes da minha vida toda. Eu cheguei a citar em alguns posts a minha participação no Fórum Landmark, o segundo deles ocorrido no Brasil, e ainda a prometer detalhar o quê exatamente eu havia aprendido que havia sido capaz de mexer tanto comigo num espaço tão curto de tempo. Podemos entender o Fórum Landmark como um aprendizado, ocorrido em 3 dias inteiros de curso e uma noite, em que se pode avançar incrivelmente sobre aspectos de nossa vida nos quais sentimos que estamos estagnados ou patinando, levando para lá e para cá como dá, mas quase sempre levando tombos enormes. Avançar ainda quando tomamos atitudes que estão nos levando para caminhos os quais de antemão não desejamos ou, um pouco pior, por caminhos onde não fazemos idéias de que um dia acabaremos inexoravelmente por chegar, mas os quais se conseguíssemos antever, através de uma "bola de cristal", com certeza tentaríam

Saramago e Win Wenders que não me saem da cabeça!

(José Saramago e Wim Wenders, em "Janela da Alma") Nem é tão tarde, mas eu estou e-xaus-ta! Ainda assim queria muito postar este vídeo que tenho revisto dezenas de vezes nas últimas semanas. Trata-se de um trechinho de um dos "filmes" mais lindos que já vi (na verdade é um documentário): "Janela da Alma", de João Jardim e Walter Carvalho, feito em 2001. Acontece que tendo voltado a lecionar Filosofia (depois do rebolado inicial veio agora uma alegria interna imensa!) eu venho revisitado coisas que li e vi nestes anos para se somar às questões atuais de interesse e importância para os alunos. Nesta parte da entrevista, tanto Saramago , nobel de literatura, quanto Wim Wenders , cineasta alemão falam tão humanamente, tão de alma aberta, sobre como nossas necessidades mais profundas são roubadas no mundo contemporâneo. Um mundo onde a imagem rouba sempre a cena, onde a TV substitui o livro, onde a experiência de ver o outro por uma câmera substitu

"Não se admire se um dia..."

(Xu, Gus, Nikol e Nik "comemorando e bebemorando" meu aniversário sem mim em Malmö hoje) O que dizer dessa mulher?! Da força do seu olhar?! Das cores com que decora a vida?? Do amor que propaga?? Da beleza dura de sua franqueza?! Da criatividade que brota pelos poros?! Poderia eu falar tantas coisas sobre ela...mas me faltariam pincéis pra pintá-la tamanha é sua grandiosidade! O que digo, então?! É que sou feliz de tê-la por perto! De poder saborear sua sabedoria! Felicidades, sempre! Com todo amor que houver nessa vida! Decidi esta semana, depois uma horrorosa virose que tomou a mim e as crianças e ainda pelo fato de não poder comer nada gostoso ou beber direito que iria comemorar meu aniversário apenas em abril, depois da Páscoa, quando tiver voltado do meu retiro de loba solitária no tratamento do iodo. Qual sentido de fazer festa se a aniversariante terá de passar vontade enquanto os convidados se lambuzam em coisas deliciosas? Nãnãninãnão! Bom, o problema não foi es

Uma música, mil lembranças: "Eyes without a face", Billy Idol entre o meu eu mais brega e meu eu mais cult, se é que eu tenho um

"Eyes without a face", Billy Id ol) Atenção: P ara seguir a idéia da série você deve ler este texto ouvindo a música acima ... Alguns meses atrás, quando ainda finalizávamos o concurso "Uma foto, mil lembranças" eu estava num dia qualquer, num fim de tarde qualquer fazendo "uma janta" corrida para Ângelo e Marina. Os dois, na sala, estavam começando a aprender a brincar juntos. Cansada do dia difícil eu ouvia a risada gostosa deles, mas estava com tanta pressa porque sabia que mais dois minutos seriam suficientes para que eu tivesse companhia, então eu mexia uma, duas panelas pra lá. Uma duas panelas pra cá. Rádio é algo que eu praticamente não ouço mais. Sou movida à música, mas seleciono diretamente minhas listas do meu Spotify. Naquele dia, ao contrário, um radinho de pilha estava ligado na minha cozinha e a conhecida rotina só foi quebrada quando comecei a ouvir "Eyes without a face", uma música pop muuuito tocada nos rádios dos anos

Lista de desejos para começar e terminar em abril de 2012

( Alex Gross ) Gente, eu tô fazendo minha dieta rigorosa e chata para virar uma mulher com poderes radioativos no início de abril e a única coisa que eu consigo pensar é qual será a ordem dos restaurantes, padarias, pratos típicos que irei devorar quando tiver terminado o meu tratamento. Por ora, eu basicamente não posso comer nada comprado, embalado, empacotado, que tenha sal normal, gema de ovo ou leite bá tchê! Cheguei, então, a uma listinha básica mais ou menos assim de quais desejos gastronômicos eu tenho para o meu abril de 2012: Nos cafés da manhã em casa com a família: - Pão de queijo, pão francês com to-do tipo de queijo possível: gorgonzola e brie só para começar; - Pão com todo-tipo-de-queijo cheio de salame e ou mortadela; - Yogurte de côco, geléia de framboesa e nutella na torrada; - Leite integral da Fazenda, gostoso, cremoso com gostinho de teta de vaca. Na padoca do meu bairro antigo, Perdizes: - bolo de tapioca - torta de morango - com coca-cola zero est

Quer estudar sueco em casa?

("O que vocês vão ser quando crescerem?", "Suecos". in: Nasser Alkhour in) Este post havia sido publicado, inicialmente, em setembro de 2009, mas como é bem frequente as pessoas me perguntarem como podem aprender sueco sozinhos resolvi republicá-lo com o link e as dicas básicas para tal. Vale super a pena tentar! Se tiverem problemas, podem me mandar que vejo se consigo ajudar. Boa sorte! .... Descobri um site muito bom com um curso de sueco para estrangeiros. Se você ainda não conhece e quer tentar aprender em casa por conta, ou complementar as aulas que já tem, creio que vale a pena conferir, O nome é Safir e há vários módulos de lição desde iniciante a níveis mais avançados. Se você é iniciante comece pelo primeiro módulo. Faça exercícios, ouça como se pronuncia as palavras etc e verá que consegue avançar bastante, ainda que sozinho. Se já conhece alguma coisa da língua, escolha os módulos mais avançados. O programa é fácil de se usar e muito produti

Cheios de personalidade

                    (A sala de jantar mais alto astral do mundo, Catalina Estrada ) Durante uma atividade em aula hoje, na qual eu discutia Estética, e tentava chegar um pouco na questão dos gostos com os estudantes da sala, um aluno carinhoso me disse: "Professora qual seu ídolo na música?" "Ah! Fala pra gente!". A verdade é que eu não tinha uma resposta só. Eu gosto de tannnnta coisa em música que sou capaz de começar o dia com Beethoven e Schubert, passar por Madredeus, Eddie Vedder, Norah Jones e terminar (não! com Michel Teló não! rs) com Sidney Magal ou Nirvana. Tudo a ver não? Embora eu não goste de tudo gosto de ouvir música conforme meu estado de espírito. A mesma coisa para os interesses do dia a dia, sobre coisas que gosto de falar e escrever. Então aqui vai de novo! mais uns papéis de parede simplesmente fantásticos, com muita personalidade! Todos eles criados por Catalina Estrada e, embora eu não vá poder comprá-los, vale a pena se inspirar na ou

Coisas boas que me enlouquecem

(Pa pel de parede da Scrapwood Wallpaper Green) Eu devo ter uns parafusos a menos, uns tantos a mais ou então alguns soltos, porque tem algumas coisas que não saem da minha cabeça e uma delas é decorar, arrumar, enfeitar... Falem sério: ceis acham que é normal alguém sentar pra ver tevê e pensar: "Hum... preciso dar um jeito de esconder aqueles fios". Aí vai tomar banho e fala consigo mesmo: "Tenho que repintar este móvel aqui porque ficou horroroso!" e então está esperando o elevador e pensa: "Preciso pôr uma cor nesta parede!"... Bom, como sou inscrita como artesã na Etsy, uma loja virtual americana, do mesmo estilo que a Elo7 , aquela na qual tenho o por-hora-abandonado " Toda Sexta-Feira " (eu não posso pintar por 90 dias até fazer o meu exame por conta do iodo) acabei neste site de papéis de parede, algo sobre o qual penso toda noite quando vou dormir e olho minha cabeceira branca. Caí babando neste papel de parede imitando ripas vel

"Eu sei... a gente eu poderia viver amanhã, mas eu vivo hoje!"

Há quase 5 anos (caramba! como o tempo passa!) eu escrevia no post " Agora é tempo de. .." sobre nossa espera ansiosa dos últimos dias para o nascimento do Ângelo. Acabei de olhar no calendário e me dei conta de que estamos em março, mês do meu aniversário e mês no qual eu sempre me senti meio especial, como se o mês de março fosse meu. Neste ano faço 41 anos e ai caramba! eu ainda me sinto uma menina! Dei-me conta ainda de que agora é tempo de curar... Ontem parei de tomar os hormônios da tireóide (já que eu não tenho mais uma que produza os hormônios para mim) para fazer a radioiodoterapia no início de abril. Em confirmada a necessidade da terapia no final de março (até lá eu farei uma rígida dieta sem iodo para fazer o exame) então me interno no dia 02, passo dois dias no hospital e mais 04 dias isolada. A boa notícia é que devo sair na Páscoa (que por sorte minha não foi junto com o carnaval !:) ) e Páscoa, vocês sabem, significa renascer para uma vida nova. So