Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Dica decor do dia: arranjo de hortaliças em garrafas descartáveis

Eu cozinho bastante em casa para a criançada e por isso faz algum tempo compro as hortaliças frescas e deixo em vasinhos pendurados na janela da cozinha. Assim é só pegar as folhinhas, lavá-las e pá nos molhos e comidinhas. Nesta ideia aqui as plantinhas vão em garrafinhas que normalmente estariam no lixo. Reaproveitar garrafinhas para arranjos eu já fazia, mas esta ideia com as hortaliças é demais! Super criativa, reaproveita o temperinho ganho na feira, enfeita, ajuda na hora de cozinhar e dá um aroma delicioso para a cozinha. Vocês estão sentindo o cheirinho?

O que você escolhe?

(A marcha de Sartre) “(...) não encontramos, já prontos, valores ou ordens que possam legitimar a nossa conduta.  Assim, não teremos nem atrás de nós, nem na nossa frente, no reino luminoso dos valores,  nenhuma justificativa e nenhuma desculpa.  Estamos sós, sem desculpas.  É o que posso expressar dizendo que o homem está condenado a ser livre.  Condenado, porque não se criou a si mesmo,  e como, no entanto, é livre,  uma vez que foi lançado no mundo, é responsável por tudo o que faz”.   SARTRE, Jean-Paul. O existencialismo é um humanismo. 3ª ed. São Paulo: Nova Cultural, 1987, p. 9. Tenho o hábito de começar uma aula com o pessoal da terceira série a respeito do famoso filósofo Jean Paul Sartre, quem tem a liberdade e a existência como tema central, com uma dinâmica que é mais ou menos assim: Primeiro, pense só se você acha que somos ou não livres. Você acha que você é livre? Sartre afirma que "estamos condenados a ser livres ". O que esta afirmaçã