Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

O Discurso de Natal que eu não fiz

Acredito que você, ou muitos de vocês, tanto quanto eu, já desejou falar umas belas palavras, ou umas nem tão belas assim, na noite de Natal. Você já desejou imensamente estar exatamente ali naquela "noite feliz" ou fugir dela o mais rápido possível.  Estou viajando sozinha? O Natal sempre teve "significados" para mim. Já senti "de tudo" em noites de Natal. Amor fraterno, desejo imenso de mudar o mundo, ajudar a humanidade, assim como crença e descrença total em qualquer explicação não terrena sobre a vida e a humanidade. Eu hoje não saberia como descrever o que sou e em que, de fato, acredito... por isso o Natal continua cheio de significados. Ontem, porém, eu senti a maior tranquilidade, uma paz (não de novela, nem de livro), uma coisa boa, realmente verdadeira dentro de mim. Desejei ter escrito o discurso, ensaiado na minha cabeça, para as pessoas que estavam na minha casa. Entretanto, minha eterna procrastinação na última hora deu lugar

Fugacidadezinhas de Natal: quer?

Eu perdi a conta de quantas pessoas que conheço dizem amar as minhas Fugacidades mas não poderem ter as obras originais, seja pela falta de grana ou até de espaço. Resolvi criar uma brincadeira com as telas em imãs. Não sei quanto a você, mas sou apaixonada por imãs de geladeiras. Coleciono vários de Museus que conheci pelo mundo e são meu "pequeno tesouro". Esses aqui podem ser comprados individualmente ou montando-se kits com a quantidade que se se desejar. Com o Natal há menos de duas semanas minha ideia é que você possa escolher as imagens que gostar mais e enfeitar seu espaço ou presentear as pessoas com um pouquinho de arte (ou a ideia dela). Quem se interessar é só me escrever por aqui, no email ou face que mando a tabela com os valores dos kits. Quanto mais se junta num kit, mais desconto leva. Email:  somnia.carvalho@gmail.com Facebook: https://www.facebook.com/pages/Somnia-Carvalho/110609932432153?ref=hl Para identificar as que você