12 agosto 2011

Procrastinar jamais! Por que hoje é Sexta-feira!!!

(Fugacidade n. 1, Somnia Carvalho, com uma sugestão de moldura)

Gente boa!

Eu já falei várias vezes de como sou uma pessoa um tantinho confusa com projetos objetivos e como me enrolo e passo de uma tarefa à outra porque eu tenho uma tendência bem forte a conjugar o verbo procrastinar.

Eu realmente admiro quem se propõe a fazer uma coisa e faz exatamente aquela coisa a qual se propôs como, por exemplo, meu querido companheiro. Eu posso começar uma tarefa como preencher um currículo e, depois de 15 minutos, me pegar instalando um lustre no lavabo.

Entretanto, desde que criei o "Toda Sexta-Feira" eu posso dizer que sou uma outra mulher! :)

Tenho me sentado todos os dias um pouco e trabalhado em vários projetos disso e daquilo, em encomendas, pinturas, reformas, colocação de minhas coisas em loja, idéia de sarau com uma amiga, tentado retomar minhas aulas etc. O fato de tentar pintar o que tenho em mente para publicar no blog para vocês faz com que eu me movimente e as coisas de fato andem.

Obviamente eu faço isso entre 11 a 12 fraldas trocadas por dia, almoço, janta, casa, brincadeiras, banhos, colocação de criançada pra dormir... mas o bom é que eu fiz algumas coisas e tenho feito! Parei de conjugar o dia no gerundio!

Dizem os "especialistas" que procrastinar é algo natural do ser humano, afetando, sobretudo, pessoas em fase escolar. Adiar entrega de trabalhos até o último dia e estudar para a prova na noite anterior é um atitude muito comum entre a maior parte dos estudantes. Como resolver o problema se ele persiste quando a gente passou dessa fase e precisa, de fato, ter os resultados antes que o prazo vença?

A saída, dizem eles, é programar-se e estabelecer metas e prazos. Assim tem funcionado para mim o novo blog, porque como eu já havia percebido que escrever e fazer blog vicia, eu juntei o útil ao agradável.

Não saiu venda oficial ainda. Ainda continuo oficialmente desempregada (afinal as faculdades agora só irão contratar ano que vem), mas já está me fazendo um bem danado! Além do que alguma coisa só tem chance de acontecer se ao menos os primeiros passos forem dados! E eu... eu os dei! Uhuuuu!!!

(Fugacidade n. 1 e n. 4, Somnia Carvalho, sugestão de moldura)

Como algumas pessoas estavam em dúvida sobre o tamanho das novas pinturas (Fugacidade) que venho fazendo, já que normalmente eu faço coisas muita grandes, e também como usar uma pintura vendida em papel aquarela, eu resolvi colocar aí umas fotos (bem ruins de qualidade na verdade) de como se pode enquadrar o trabalho. Eles são pequeninos. Haverá maiores, em tela, mas ainda estou trabalhando a forma de fazê-lo em tela. Não é fácil, na verdade.

Essa moldura é removível. Então, quando for vendido, eu posso enviar sem ela, okey?

Para sair um resultado assim normalmente preciso testar muito, errar, fazer de novo, tentar de outra e outra forma, com muitos materiais até chegar no que desejo interiormente. Dá trabalho e é este trabalho de criação, ao mesmo tempo intelectual, de onde vem o tesão da coisa!

Tô adorando! E só posso dizer uma coisa: continuem apoiando a maluquinha aqui com as visitas no Sexta-Feira, porque se continuar assim eu não procrastinarei...

Jamais!

Ah! E vocês já pararam para ouvir a canção "oficial" do  "Toda Sexta-Feira"? A música é da Adriana Calcanhoto, mas está lá na voz da Belô Velloso, baiana, o que dá um toque especial à letra! É quase contraditório que uma música tããão preguiçosa me dê tanto ânimo, mas é assim que funciona! Eu já disse que tenho botões a menos!

Vale a pena ouvir!

Ótima Sexta-Feira!!!

"...toda sexta-feira tooooodo o mundo é baianuuuu junnnntuuuu..."


2 comentários:

Beth/Lilás disse...

Soninha,
Esses teus quadros ficaram lindões com estas molduras, muito fashion sobre esta parede de pedrinhas, adorei!
E eu acho muito bom que você esteja conseguindo conjugar estas coisas, mesmo entre fraldas e mamadeiras, pois o seu lado artístico é enorme e não pode ficar estagnado.
]Vou lá ver o que você deixou para hoje.
beijins cariocas

Anônimo disse...

Gostei muito, as molduras sao ligeiras, suaves.
Beijo grande e muito êxito.
Marinêz