24 maio 2009

Por favor você pode tirar o seu sapato?


Depois que escrevi aquele post sobre a gente ter de tirar os sapatos nas casas aqui na Suécia e de ter lido os comentários interessantíssimos de vocês eu fiquei pensando que as tradições familiares ultrapassam as tradições culturais de um país todo.

Eu também nunca fiquei "de sapatos" dentro de casa no Brasil. Não porque minha mãe proibia ou algo assim, mas porque sempre adorei ficar descalço ou, no máximo, com minhas havaianas, legítimas ou não.

O fato é que ouvindo tantos de vocês dizendo que as mães, as avós ou vocês mesmas adotam esse costume em casa, aí no Brasil, achei que a gente pode levar a conversa adiante.

Eu não sei se quando escrevi o post todos vocês entenderam que se trata de não entrar na casa com o mesmo sapato que estava na rua. Isso também acontece nos hospitais, nas academias, em muitos outros lugares públicos, onde a gente deve colocar um plástico azul para proteger o chão da sujeira que estamos carregando nos sapatos.

Então, embora no Brasil a gente não ficasse de sapatos dentro de casa, a gente podia entrar e trocar lá no quarto, entende? Não é sem educação entrar casa a dentro com ele, mas a gente acaba optando por ficar sem.

Aqui e em muitos outros países que fui (todos eles com inverno mais rigoroso), como a Bélgica, França, Inglaterra, Holanda o costume parece ser o mesmo. Aqui me pareceu (impressão rápida) mais forte a regra. Na entrada das nossas casas aqui tem espaço pra pendurar casacos e espaço para guardar botas, sapatos, tenis etc. Você não passa da entrada sem tirar os tais. E faz o mesmo na casa de outras pessoas. 

Quando pensei que a diferença fosse tão grande pensei nisso, mas percebi que muita gente no Brasil talvez faça o mesmo e achei que seria muito curioso se vocês vocês dissessem quantas pessoas conhecem que tem a mesma "tradição" de tirar o sapato quando chega em casa. Não entrar com eles, de jeito nenhum. Isso porque com essa pesquisa virtual super feita a muitas mãos a gente pode concluir melhor sobre até que ponto somos mesmo ou não diferentes nesse quesito. Até que ponto minha argumentação lá com as polonesas do curso (não eram suecas, viu gente? eu não estudo com suecos, já que o curso é de língua sueca) foi meio baseada em poucos casos.

Adoraria saber.

Começo por mim. Creio que de cada dez pessoas que conheço, nove trocam de sapatos quando chegam em casa, mas sem rigor com ter que tirá-los na porta. Minha família e quase todos meus amigos entram com eles casa a dentro e, quando sentem que é mais confortável, trocam por uns chinelos ou coisa assim. Em festas, almoços, jantares etc todos continuam com os mesmos sapatos com que entraram.

No Brasil eu não conheci ninguém que pedisse pra pessoa não entrar com os sapatos e tirá-los na porta. E também não fui a nenhuma casa que tivesse essas caixinhas cheias de quadradinhos que tenho aqui para guardá-los. Só para lembrar a tela do Van Gogh que coloquei no outro post, creio que o holandês pintou tantos e tantos sapatos no início de sua carreira, porque ele os via ali, todos empilhadinhos na entrada da casa, tal como vejo aqui. 

Eu não sei se Van Gogh tivesse vivido no Brasil ele teria tido esse tema. Será?

Agora é com vocês! Vamos deixar rolar essa pesquisa!


17 comentários:

Luciana Håland disse...

Oi Somnia,
lá no Brasil eu tirava os sapatos assim que entrava, minha mãe também, e gostaríamos muito que os outros moradores (irmãos e meu pai) fizessem isso, mas eles não aderiam. Não tínhamos esse espaco na entrada onde deixamos aqui os sapatos e casacos, então eles não aderiam mesmo, mas passavam até um quarto e tiravam, mas sapatos rolando nos quartos onde dormíamos era raro de ver, porque minha mãe transferiu esse espaco dos sapatos para o quartinho que seria a dependência de empregada (outra coisa estranha tb, né? esse tal quarto para empregada).

Às visitas a gente nunca impôs isso, mas como eu disse, assim que saiam a gente limpava a casa, e infelizmente muitas vezes o povo chegava com os sapatos cheios de terra, areia, e deixavam o 'rastro'.

No Brasil não conheco casas com essa estrutura de entrada com espaco para sapatos e casacos, e também näo conheco outras pessoas que tiram os sapatos, lá, assim que chegam em casa, mas como você disse, entram e no quarto trocam por uma sandália mais confortável, mas sem o rigor.

Mas acho que as tradicões familiares ultrapassam as de um país.

Beijo

nes disse...

a perspectiva de uma portuguesa: aqui em portugal, e de que eu conheça, não conheço ninguém que não entre em casa com os sapatos da rua. nunca vi sequer o "lugar" para colocar os sapatos à porta, acho até que seria um pouco mal visto se alguém chegasse na minha casa e desse de caras com uma estante de sapatos cheirosos (lol).

mas pessoalmente, tirar os sapatos é a 1ª coisa que faço quando chego, mas vou até ao meu quarto. normalmente mudo também de roupa, mas isso já é fora do assunto. acho que isto sim é um costume habitual, principalmente se a pessoa sabe que não vai sair tão cedo outra vez.

no entanto se temos visitas, ninguém se descalça, por norma, a não ser que alguma situação o exija (por exemplo se for verão, se a casa tiver piscina, pátio, etc.

se suja a casa? talvez, mas minimamente, acho. aqui não temos lama, neve, ou assim tanto lixo que possa vir na sola dos sapatos. e como desde que entramos no prédio, à porta do apartamento, vamos tendo sempre vários tapetes para limpar, temos esse cuidado se por acaso o sapato vier mais molhado, etc.

acho isso o normal. e já vivi 1 ano na suécia, vivi também um tempo na finlândia e viajei bastante dentro e fora da europa :) temos de considerar que em muitos países não seria NADA confortável andar descalço em casa, mesmo que de meias, porque não temos as comodidades que os nórdicos possam ter, como chão aquecido, aquecimento central, etc., e apesar de não termos temperaturas frias extremas, sem esses "detalhes" fica muito frio dentro de casa :/

Mr.Jones disse...

Em Curitiba, é onde fica minha residência, todos perguntam quando vão me visitar se prefere que tirem os sapatos p/ entrar.
Agora, aqui no Rio de Janeiro, elas entram com sapatos. E o pior aqueles que vem da praia, vão entrando com os sapatos, tenis, sandálias cheios de areia.
Ja recebi visitas aqui que até acompanhado com seus lindos cachorrinhos, entram sem perguntar se pode.
Por aí nao tem também um lugarzinho ou suporte pra pendurar cachorrinhos nao? (risos)
Nada contra animais, eu adoro. Mas os meus ficam na fazenda, onde tem espaço pra eles.

Abraços e bom domingo.

Ju Moreira disse...

Oi Somnia!! Vc pontuou certo. Aqui na Suécia a coisa é mais rigida sim. Na verdade uma regra mesmo, mais do que opção.

Quanto a França, posso te dizer que não são em todas as casas francesas que se tiram os sapatos q se vem da rua, por exemplo. Ao contrário da Suécia.

Uma coisa que acho q tu esqueceu de comentar são os casos das academias de ginástica. Vc näo pode sair prontinha de casa e comecar a malhar com o mesmo tenis. Mesmo que não seja inverno, ou seja, primavera, verão e outono, é preciso trocar os sapatos logo na entrada. Até para festinhas, se vc quiser ficar de salto, é preciso levá-lo na sua sacolinha (bom lembrar q ele deve estar com a sola limpa).

Aqui é comum ficar d meia ou com tofflor (pantufas) dentro de casa.

No meu caso no Brasil, era proibição mesmo. Minha mae exigia que todos (sem excessão) tirassem o sapato antes mesmo de pisar no terraço. :)

xero grande

Mariel Stupp disse...

Aqui no Brasil nem eu nem ninguém que eu conheça tem regras de nao entrar em casa calçado.
Eu sempre troco por um chinelinho de quarto, mas como tu falou, entro com tudo e troco por ser confortàvel, sò isso.
E continuo nao gostando de ficar de meia fina nas festas na Suécia!! rs

Cristiane A. Fetter disse...

Temos tudo isso em comum é? eitcha,rs.
Isso é bom sinal, estreita os laços, os piscianos são, digamos no mínimo, diferentes, não é?
Vamos falar mai sobre isso.
bjks

Cheers! Fla disse...

Ola Somnia, prazer. Meu nome eh Flavia e eh a primeira vez que comento por aqui. Morei na Suica e era assim mesmo, a gente tirava o sapato antes de entrar em casa. Todas as portas tinham alguma caixinha, prateleira, sei lah o que para deixar casacos ou sapatos, a nossa era dentro de casa, mas bem na entrada, a gente nao entrava em casa com o sapato. Amava essa tradicao! No Brasil eu sempre tirei o sapato assim que entrei em casa, mas como vc disse, entrava, ia ateh o quarto e tirava o sapato, andava descalca na maioria das vezes. Agora moro na Inglaterra e aqui nao tem nada disso, todo mundo entra com o sapato em casa, meu marido eh ingles e duvido que ele adotaria essa pratica. Na verdade eu nao me importo de jeito nenhum, acho o maximo, limpo e higienico, mas se eu moro em um pais onde as pessoas nao estao acostumadas a fazerem isso, me sinto um pouco estranha pedindo que eles tirem o sapato para entrar em casa, se fosse em algum outro lugar onde todo mundo estah acostumado seria mais facil.

Abracos

Marilena disse...

olá Somnia,

no Brasil eu nunca conheci ninguem que tirasse os sapatos antes de entrar em casa ou que pedisse para as visitas fazerem. O meu marido conheceu uma alemã que morava em Santa Catarina e que não deixava que ninguem entrasse na casa dela de sapatos.

Aqui no Canadá as coisa parece ser um pouco mais parecida com a Suécia. Em todas as casas que visitamos tivemos que tirar os sapatos na porta; até nas casas vazias que fomos ver para alugar.
Eu adorei a idéia e já adotei aqui em casa. Temos um armário na porta cheio de sapatos e até a Luisa (22 meses) já vai tirando o tenis quando entra em casa.

Marilena

Marlies e Gabriela disse...

Oi, Somnia!!!!
Aqui em casa, tiramos o sapato assim que chegamos, mas apenas para livrar os pezinhos do aperto/calor/cansaço que ele traz lá da rua... Aí cai bem um chinelinho, ou mesmo um "pé no chão" para descarregar o stress! Aqui no Brasil, só precisei tirar os sapatos para entrar dentro da casa de uns parentes lá do Paraná, em época de chuva, quando o barro vermelho e gruda na sola dos sapatos...

obs1. seu blog é simplesmente uma delícia!!! Ele traz de novo para perto da gente a sua alegria, que coisa boa!!!! Vou passar sempre por aqui...
obs2. Seu Ângelo está muuuito lindo! Parabéns!

grande beijo!!!

Marlies

Iscadeleopondo disse...

Eu tenho o costume de entrar deixando os sapatos na porta, do lado.
Isso porque minha mãe sempre brigava comigo falando que num era eu que limpava a casa e por isso entrava com o sapato sujanto tudo e talz...
É engraçado que muitas vezes vou entrar na casa de alguém, começo a tirar meu sapato e eles simplesmente dizem "não precisa tirar o sapato não" e eu digo "mas eu gosto de ficar descalço, odeio sapatos ", o que é verdade...

Então, aqui eu tenho esse costume... mas a maioria num tem...
Meu Deus!!! Sou mais sueco do que pensava kkkkkkkkkkkkkk

Somnia Carvalho disse...

Gente lindona,

Li com muita atenção cada relato de vocês! E são todos tão especiais... os casos das famílias, o jeitão de cada um e como cada um vê isso de uma forma diferente...

Ao mesmo tempo que uns vêem como algo bem legal, outros de vocês sentem uma pressão chata...

Vou escrever um post ainda essa semana finalizando o assunto e colocando algumas idéias de vocês lá, mas preciso de mais tempo do que tenho agora porque tenho aula.

Vou responder abaixo aquilo que saiu dos relatos e que eu não abordarei no post okey? me desculpem por não ter tempo de me alongar na prosa como eu adoraria!

beijos e obrigadíssima pela participação empolgada e experiente!

Somnia Carvalho disse...

Jusitia, anotado tudo para escrever no próximo post!

quando falei dos hospitais e lugares publicos eu pensei na academia, mas de fato é tão sui generis que e melhor explicar mais... legal a lembrança!

Somnia Carvalho disse...

Jusitia, anotado tudo para escrever no próximo post!

quando falei dos hospitais e lugares publicos eu pensei na academia, mas de fato é tão sui generis que e melhor explicar mais... legal a lembrança!

Somnia Carvalho disse...

Cheers Fla, eu vou responder voce em separado do meu pessoal chegado que vem aqui sempre!

seja muito bem vinda! ainda vou la no seu pedaco, logo logo, nao fui antes de escrever o comentario porque nao deu agora...

legal voce relatar a diferença dos tres lugares! bom mesmo! a gente se ve por aqui e por la!

Somnia Carvalho disse...

Marlies???

Eu tinha uma amiga com quem trabalhei junto em Campinas no Cursinho DCE. E voce Marlies???

não consegui acessar o perfil e um blog seu...

Se for voce! uau! que saudade!

se nao for voce! seja muito bem vinda!!!

me da mais explicações para eu conversar melhor!

beijos

lu disse...

Eu moro em Curitiba e já morei em outras cidades. Desconheço o costume de tirar os sapatos antes de entrar em uma casa em que se é visita.
Lógico que eu não fico em minha própria casa de sapatos, mas tirá-los é questão de conforto. E mesmo morando em uma chácara, onde por vezes tem barro, não me passaria pela cabeça pedir a um convidado tirar os sapatos! Tenho ascendência eslava e mesmo em casa de minha avó polonesa nunca tiramos os sapatos.
E nunca vi este costume entre Europeus de ascendência latina, o que talvez mostre um costume nórdico.
Sei que também é um costume oriental, mesmo em terras brasileiras.
Mas acho que seria falta de educação pedir a um convidado que tirasse seus sapatos. Ora, se o convidei para minha casa, minha obrigação maior é fazê-lo se sentir a vontade e confortável, além de não me importar com eventual sujeira que ele traga em suas solas... e me parece um constrangimento sem fim ficar descalço na casa de outra pessoa. Jamais faço isso, ainda que seja íntima.
Lu

Ana Paula Queiroz disse...

Olá.
Então aqui em casa nós pedimos para tirar os sapatos, por pura paranoia de sujeira. Inclusive quando a pessoa é super intima pedimos para tomar banho antes de sentar ao sofá.
Mas voltando aos sapatos, achamos mega antigienico entra dentro da casa com os sapatos sujos de rua, pois na rua há toda sorte de sujeira que não é nem necessário citar. Outra que arrumo a casa todo santo dia, e temos uma filha que agora já é uma mocinha de 2 anos, mas quando ela era uma baby, por exemplo e ficava se arrastando pelo chão afora, já imaginou a situação?
Agora, teve muuuiita gente que se sentiu ofendido por ter que tirar os sapatos. Definitivamente aqui no Brasil pelo menos em Minas Gerais zona da mata esse costume é super mega raro. E as pessoas não entendem. Eu cheguei a conclusão que as pessoas de um modo geral, no Brasil não se incomodam com sujeira. Seja ela dentro ou fora das casas, um exemplo disso é a total inércia das autoridades e da população quanto a sujeira nos chãos da rua. Um exemplo claro disso é no Rio de Janeiro, nas praias e ruas o que mais se vê é poluição e mais ainda poluição visual.
Gostaria muitissimo de mudar para um pais onde houvesse uma cultura de limpeza. Pq definitivamente aqui no Brasil, eu e quatro pessoas que conheço que gostam de limpeza são taxadas como chatas e paranoicas. O que o povo gosta mesmo é de porquice. De entrar com sapato sujo em casa, nos quartos onde quem que seja. De sentar com roupa suja de rua, de ponto de onibus de faculdade até mesmo de gramado, em cima das camas e dos sofás. Eu não sei o que se passa na cabeça das pessoas. A única coisa que me vem a mente é porquice mesmo. Agora, infelizmente tem horas que é impossível pedir para todos tirarem os sapatos, exemplo quando muitos membros da igreja vem para fazer visita. Antes eu ficava meio que passando mal, calculando o tamanho de trabalho que teria depois, para lavar o tapete, limpar as cadeiras e sofás, hoje em dia já me acostumei. Mas fica a dia: tirem os sapatos! rsrsrsr