Pular para o conteúdo principal

Por que "todas as cartas de amor são ridículas?" ou: Hoje é aniversário do Ângelo

(Ângelo na praça Gustav Adolf, Malmö, junho de 2009)

Hoje, dia 16 de julho, o Ângelo tá completando dois anos de vida.

Eu acordei já toda sentimentalóide, refazendo grandes cenas que tive com ele nesse tempo, como uma perfeita mão bobona. Tenho certeza que qualquer post de mãe sobre seu pequeno filho deve ser assim, como dizia Fernando Pessoa, algo "ridículo", mas não tem jeito eu sempre corro riscos.

Pensei em coisas muito belas para escrever e pensei numa carta de amor para o Ângelo ler quando fosse grande, mas deduzi que ela também seria, no mínimo, ridícula. Então, sem tempo e com tudo para fazer e organizar, num tempinho que o menino dorme eu pensei num post rápido, sem muitas pretensões, sabendo que ele também corre enormemente o risco de ser, obviamente, ridículo. 

Eu hoje percebi que eu só existo para o Ângilu, ao menos é isso que o Ângilu tem certeza. 
Ângilu é como ele próprio se chama e Sôniááá, sou eu, a mãe dele.

Eu só estou aqui para cozinhar rroz, macarrãão, bócolis, pata saladi (uma salada com pasta sueca) para o Ângilu.
E também a mamãe vive para limpar e organizar as coisas todas do Ângilu e tocá falda do Ângilu e levar o Ângilu para fazer cocô no piquininho.

(Ângelo , no descanso da biciletada com a mamãe, mandando tchau para a Vavá, ontem no gramado em frente de casa, julho de 2009)

E eu também só tenho que passear pelos páqui todos da cidade e ir nos páquinhos todos, sem deixar de dar uma passadinha na páia para que o Ângilu brinque com seu baldêê na areia. E tenho que resistir bravamente a não comprar o "glas" (sorvete) toda santa vez que ele vê o símbolo da Kibon sueca por aqui. 

Preciso pular e rodar com ele ao som de "bä bä vita lanm", ou de "Alllma, deixa eu ver sua alma", fazendo, claro, a coreografia de cada música. 

E não há energia que chegue, porque na hora que o Ângilu tá cassadu, mamãe tem que cantar e tem que "sitta mamãe" na poltrona do lado até que ele pegue no sono, caso não seja o dia que ele qué papai só! para contar as histórias preferidas e tagarelar na cama.

O que fez eu me emocionar hoje de manhã foi isso e tanto mais. É perceber que o Ângelo, essa criatura tão pequena, é alguém com gostos próprios, idéias, sentimentos e exigências. Ele existe de uma forma tão intensa que nos suga inteiros para ele. Ele nos ama e ama demais e quer nossa presença e a certeza de que o amamos. E isso é algo indescritível. É um amor exigente e maravilhoso. 

Eu o abracei de manhã e expliquei que era aniversário dele, que era o "Grattis" (parabéns) igual os amiguinhos da escolinha fazem. Senti por ele não poder celebrar com a criançada do Dagis, já que ele aniversaria nas férias. E senti por ele não poder ser abraçado pelos avós, tios e primos todos. 

Esses dois anos de Ângelo foram intensos, porque nem o Ângilu nem a gente quer deixar passar nada em branco, então que venham as declarações ridículas, porque de falta disso é que o 
Ângelo não vai sofrer.


Comentários

Beth/Lilás disse…
Ahh, Ângiluzinho tão querido!
Ele, como meu filho, faz aniversário nas férias escolares e isso é uma coisa meio chata, pois quando estão em aulas podem festejar com a tchurminha do dia a dia.
Mas, como você mesma disse, tudo o que ele quer na vida é você mesmo e o paizão dele.
Tenho acompanhado contigo quase 1 ano e meio do Ângelo e visto seu progresso, seu crescimento através das lindas fotos. É uma criança realmente feliz e tudo isso por que vocês sabem proporcionar a ele dias maravilhosos, cheios de atenção e amor.
Parabéns pro Ângelu, muitos anos de vida com a felicidade de sempre e parabéns aos pais tão lindos e amorosos que são vocês!
um abraço apertado nele e super beijinhos cariocas da tia
Beth/Lilás
Luciana disse…
Somnia, parabéns pro seu pequeno, e muitas felicidades pra ele pela vida a fora, que está só no comecinho, que ele seja sempre saudável e feliz, o resto ele dá conta.
Menina, isso de "ser ridículo" faz parte da felicidade, não é ridículo postar sobre seu pequeno, sobre esse amor que você tem por ele, e da alegria de comemorar os dois aninhos de vida dele. Que vocês sejam sempre muito felizes.
Realmente é muito interessante ver essa evolucão das criancas, as ideias próprias, a personalidade, e säo tão pequenos e tão cheios de ideias, ideiais, personalidade, vontades. Bom, muita felicidade mais uma vez.
Beijo
Unknown disse…
ohn! parabens para o menino de cabelos cacheados e pose de pequeno príncipe! tão fofo e querido. Titia Dri sempre faz questão de nos colocar a par das peripécias do anjinho!

Um beijo e muitas felicidades ao anjo e a vcs!!!!!!

bjo bjo bjo
Unknown disse…
É tão difícil para a Vavá agradecer com palavras.Queria poder abraçar e beijar muito este meu neto querido!Hoje faz dois anos que este anjo veio alegrar minha vida.Ele é meu tudo!Obrigada!Meu Deus, por este belo presente.Parabéns! Sonia e Renato.Muitas felicidades!
Um grande beijo cheio de muito amor.
Vavá Irene.
Anônimo disse…
Grattis ao Ângilu !!!! E parabéns à você que fez o trabalho todo ;-)
Ju Moreira disse…
Somnia, querida, parabenize o pequeno Angelo por nos! ;)

Sabe q lembrei q qdo era pequena ficava realmente muito triste no meu aniversario justamente por cair nas férias. Mas tinha sempre primos para fazer festa em casa. Espero q p Angelito seja tao divertido aqui (com amigos e amiguinhos) quanto estar no Brasil com a família. ;)

xero grande
Que lindo parabéns ao seu pequeno príncipe! Que Papai do Céu possa lhe dar a melhor infância e que conserve essa inocencia que só as crianças conseguem ter!!

Parabéns a vc que é uma mãezona!!

Hoje é niver da minha mamãe, tb fiz um lindo post para ela!!!

beijos
Lucy disse…
Hej Somn......

Parabéns! Pelo seu filho lindinho! Muitos anos de vida!

Kram!
Anônimo disse…
Oi Sonia e Angelinho!!
finalmente posso ver o seu blogg e dar um FELIZ NIVER pro pequeno principe no dia certo(vc ja sabe eu e a minha memoria...)!!
o mundo esta a seus pes Angelo e so dar i primeiro passo.
mil beijocas!!
/JR
Anônimo disse…
Parabéns, "Anjo"!!!
E realmente nao, ele nao precisa de nenhuma carta porque quando ele crescer, se tudo continuar correndo assim bem, ele vai ter muitas declaraçoes de amor e posts cheios de emoçao aqui no blog!!
A gente sempre perde por um lado, como o carinho da familia, mas as experiencias que ele ganha estando aqui vao valer a pena mais tarde!!
Beijao pro pequeno!!!
Tia Dri disse…
Parabéns ao Ângelo e a você e ao Rê, que dão todo o amor, carinho e estímulo para que ele seja essa criança fofa, inteligente e cativante!
Avisa pra ele que vou chegar atrasada para a festinha, mas faço questão de dar os parabéns pessoalmente!

Bjs e uma vida de felicidades!

Tia Dri
Fabi disse…
Oi Sonia, parabéns pelo Ângelo!!!!Adoro quando tu escreve sobre esse fofo, os preparativos da festinha, nossa me fez pensar em tantas coisas da minha infância. No que realmente queremos que fique em nossa memória. Beijão pra vocês, saúde,amor, e felicidades sempre!
Fabi disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse…
Oi So!! Parabens para o seu pequerrucho!!! Ele está lindo demais!!

É amiga, quando vejo essas fotos de vocês dançando e soltando as frangas, lembro logo das vezes em que ia ao seu apê e a gente pulava e requebrava ao som das musicas bregas, mas inesqueciveis... para ao fim chorarmos com as músicas do padre zezinho!!!

Vocé é você em qualquer lugar do mundo. Você tem uma energia vibrante!! É muito bom ter na lembrança momentos que vivi com você. Beijos
Márcia disse…
Parabéns para o Ângilu (rsrsrs). A gente vai se descobrindo e se construindo com a maternidade, né? Não necessariamente nessa ordem, claro. O meu bebê está perstes a completar o seu primeiro aninho (mês que vem). E eu vivo repetindo o mantra das mães: O tempo voa!!! Aproveite!!! Beijocas.
Lúcia Soares disse…
Nunca deixe de escrever! Ele vai adorar ler tudo. Não tem nada mais lindo e precioso do que memórias "de próprio punho" de uma mãe. Faça sempre, cada ano maior, porque as gostosuras deles aumentam com a idade.
Beijos mil no Ângelo e na Mamãe e no Papai, que tornaram possível esta vidinha e que sejam sempre muuuuiiiiito felizes!
Anônimo disse…
Uau!!!! Como esse pequeno tá fofo!!!! Não passava por aqui há tanto tempo e tava morrendo de saudades. Por coincidência, passei no niver dele. Então:
PARABÉÉÉÉÉNNNNSSSS!!!!
Aproveita e dá muitas beijocas nessa bochecha gostosa por mim, tá?
Bjs
Andréa

Postagens mais visitadas deste blog

"Ja, må hon leva!" Sim! Ela pode viver!

(Versão popular do parabéns a você sueco em festinha infantil tipicamente sueca) Molerada! Vocês quase não comentam, mas quando o fazem é para deixar recados chiquérrimos e inteligentes como esses aí do último post! Demais! Adorei as reflexões, saber como cada uma vive diferente suas diferentes fases! Responderei com o devido cuidado mais tarde... Tô podre e preciso ir para a cama porque Marinacota tomou vacina ontem e não dormiu nada a noite. Por ora queria deixar essa canção pela qual sou louca, uma versão do "Vie gratuliere", o parabéns a você sueco. Essa versão é bem mais popular (eu adorava cantá-la em nossas comemorações lá!) e a recebi pelo facebook de minha querida e adorável amiga Jéssica quem vive lá em Malmoeee city, minha antiga morada. Como boa canção popular sueca, esta também tem bebida no meio, porque se tem duas coisas as quais os suecos amam mais que bebida são: 1. fazer versão de música e 2. fazer versão de música colocando uma letra sobre bebida nel

Mãe qué é mãe mesmo...

(Picasso, Mãe e criança, 1921) Mãe qué é mãe mesmo... Já deu uma de cientista e foi até o quarto do bebê só para checar se ele respirava. Já despencou de sono em cima dele, feito uma galinha morta, enquanto amamentava. Já caminhou pela casa na ponta dos pés, como uma bailarina, só para não acordar o pimpolho. Mãe qué é mãe mesmo... Já perdeu a conta das mamadas e esqueceu qual o peito deveria dar. Já deu oi pro lindo rapaz que dormia ao seu lado e dormiu antes de continuar a conversa. Já adquiriu habilidades múltiplas como comer com uma mão só e fazer xixi com o bebê no colo. Mãe qué é mãe mesmo... Ama e odeia, ama e odeia. Às vezes chora e muitas vezes sorri. É ao mesmo tempo carrasca e heroína. Mãe... é uma garota crescida com uma boneca de verdade nos braços. Precisa de atenção e carinho tanto quanto seu brinquedo.

O que você vê nesta obra? "Língua com padrão suntuoso", de Adriana Varejão

("Língua com padrão suntuoso", Adriana Varejão, óleo sobre tela e alumínio, 200 x 170 x 57cm) Antes de começar este post só quero lhe pedir que não faça as buscas nos links apresentados, sobre a artista e sua obra, antes de concluir esta leitura e observar atentamente a obra. Combinado? ... Consegui, hoje, uma manhã cultural só para mim e fui visitar a 30a. Bienal de Arte de São Paulo , que estará aberta ao público até 09 de dezembro e tem entrada gratuita. Já preparei um post para falar sobre minhas impressões sobre a Bienal que, aos meus olhos, é "Poesia do cotidiano" e o publicarei na próxima semana. De quebra, passei pelo MAM (Museu de Arte Moderna), o qual fica ao lado do prédio da Bienal e da OCA (projetados por Oscar Niemeyer), passeio que apenas pela arquitetura já vale demais a pena - e tive mais uma daquelas experiências dificilmente explicáveis. Há algum tempo eu esperava para ver uma obra de Adriana Varejão ao vivo e nem imaginava que