02 julho 2009

"And the Oscar goes to.."

("Dançá mamãe!", eu e Ângelo numa das dezenas de coreografias da festa do  Midsomer, julho de 2009)


Pessoal maioral, vim para dizer ao povo que o primeiro concurso de blogueiras da Lola terminou e o Oscar foi para... :

A Borboleta!!!!

Heeeee! Palmas pra ela, palmas pra ela! porque ela merece! Ela merece! 

Brincadeirinhas à parte, a disputa pelos votos no concurso que a Lola promoveu para divulgar textos de blogueiras foi acirradíssima. Eu fiquei ali, grudadinha com a Daniela, do Histórias de Menina, por vários dias. Ela sempre na frente, e vocês iam lá e pluft! mais um voto! E, então, alguém mais ia lá e ploft! Daniela!

Eu, inclusive, fui uma das que ploft! votou nela. Não que eu mesma não recomende meu texto, mas eu meio que me excluí do meu próprio jultamento. Entre os vários outros textos legais, o da Dani foi o que mais me cativou.

Com um texto lindo, chamado "Menina vai pra guerra", ela conta sobre o sentimento assustador e ao mesmo tempo encorajador de ter sido alvo de preconceito mascarado por preferência estética. Dani acabou assumindo seu cabelo black power, depois de perceber que ele era alvo de tanta crítica não fundada e que assim ela deixava de seguir a onda de querer parecer com todo o resto do mundo. 

No final da votação, a menina recebeu 52 votos e a Borboleta 60, carinhosamente depositado por todos vocês que gostam de mim e do que escrevo, excluindo meu marido, claro, porque ele me disse ontem: "ah... eu esqueci de votar!". Vejam que santo de casa não faz milagre mesmo! Massss...

Digo, sem nenhuma falsa modéstia, que ficaria realmente se ela também ganhasse. Eu deixei um recado no blog dela e ela me respondeu outro super carinhoso dizendo que já conhecia meu pedaço e que gostava dele. Bom mesmo né? Também digo BRIGADUUU!!! sem orgulho nenhum e digo que foi super gostoso participar e saber que meu texto estava sendo lido por novas pessoas ou relido por alguns de vocês.

Obrigado por serem leitores e amigos presentes! Obrigado pela animação que muitos de vocês me passaram e por valorizarem minha participação. Obrigada Lola por ser uma feminista nada egoísta e ótima escritora sem medo da concorrência! rs...

Na verdade, estou seriamente pensando em comprar um franquia da Lola e promover algum concurso aqui no Brabuletas também, já que não necessariamente as minhas leitoras são as mesmas de lá e já que divulgar bons textos é mesmo algo super interessante.

Não sou escritora de profissão, mas amo escrever.
Assim como tantos e tantas de vocês tenho essa paixão recolhida desde muito tempo, quando acumulava na gaveta folhas e folhas de escritos para mim mesma.  
E acho que a internet e os blogs fazem um enorme favor de nos dar essa chance de escrever e de partilhar com gente que se identifica com o que sentimos. Ou até com quem não se identifica, mas gosta de troca. 


("Qué cavalu mamãe!", Ângelo no cavalo de madeira, cópia da idade média, no Castelo de Glimmigehus, Simrishamns, 2009)  

No texto "O primeiro vôo do Anjo", que escrevi em agosto do ano passado e o qual você pode ler apenas dando um clique no título, eu falava da angústia que me tomara conta quando deixei o Ângelo pela primeira vez na creche aqui na Suécia. Ele tinha apenas um ano, mas havia sido uma decisão baseada em muito pensar e muito pesar. Sofri muito aqueles meses que se seguiram, embora isso possa parecer realmente ridículo para quem nunca tenha vivido tal experiência. Sofri porque sentia um vazio e uma ponta de culpa. Gracias a vida e ao quanto é bom socializar, o Ângelo seguiu cada vez mais feliz na escolinha e o resultado foi algo que nem eu mesma esperava.

Há duas semanas, uma das professoras, Susanna que também é louca pelo Ângelo, fez uma reunião particular comigo e me disse que o meu pojke é dos mais sociais da escola toda. Ele sabe e chama toda a molecadinha pelo nome, assim como as professoras. Ela disse que estava surpresa como ele vinha dominando o idioma sueco e como ela percebia que ele falava também português, já que ela entende espanhol. Elogiou sua alegria, sua participação nas brincadeiras, ginástica, sua energia que não acabava e seu apetite enorme. Ela me fez tantos elogios e disse que não tinha nada de ruim pra dizer a não ser que "Han är ett perfect barn och han är mycket glad här" *. Naquela hora duas lágrimihas rolaram, mas não eram mais de incerteza, culpa ou tristeza, embora, claro, isso eu tenha deixado lá no ano passado mesmo, quando tinha percebido que era mesmo o melhor caminho para meu Anjo e para mim mesma.


(Eu e Ângelo, curtindo o sol, os passarinhos, as vacas, a amiga, a paz  no topo do monumento Ales Stenar, Kåseberga, 2009)

Sem contar o quanto eu realmente acredito que a creche meio período tenha sido bom para o Ângelo eu posso dizer que um ano depois estou muito mais confiante. Menos cansada e muito mais animada para brincar com ele quando estamos juntos. Aprendi sueco e consigo falar pelas ruas e por onde vou, sem mais precisar do inglês. Não falo buniiito, mas falo e já recebi elogio de muita gente. Visitei Museus e escrevi alguns textos. Pintei alguns poucos quadros e vendi outro. Organizei meu ateliê e tenho dezenas de projetos. Estou feliz. Creio que o fato de eu sentir que também cresci esse tempo e não só fiz crescer ao meu filho me ajuda a justificar o tempo que não estou com ele.

Continuo achando que nenhuma mãe, nenhuma avó, nenhuma babá consegue dar a uma criança a alegria e o crescimento que a relação com outras crianças pode dar. E nenhum amor, por maior que seja, consegue superar o cansaço do dia após dia de dedicação. Acho que a cobrança acaba vindo de alguma forma e a frustração também. Talvez isso não seja verdade para alguma Mãe Maravilha, mas o é para mim. Assumo isso sem vergonha de parecer fraca, pouco dedicada ou o que seja. Quem me conhece e conhece o Ângelo deve presumir que essas não são características que me tomam. Eu, por minha conta, estou satisfeitíssima. Embora bastante imperfeita sou a mãe e a mulher que desejo ser.


...
* Pojke: menino
* *Han är ett perfect barn och han är mycket glad här: Ele é uma criança perfeita e é muito feliz
 aqui.

25 comentários:

Daniela disse...

Somnia, fico feliz do seu texto ter sido escolhido, ele é maravilhoso. E acho interessante como o seu texto também fala de um momento doído para você, justo como o meu.

Tenho muito orgulho daquele texto, embora tenha ficado com ele na cabeça durante semanas antes de tomar coragem para escrever.

Esses momentos duros facilmente são os de maior aprendizado e recompensa depois, não? O seu filho é lindo, a sua família é linda.

E agora que a vergonha do primeiro comentário se foi, acho que vou comentar mais por aqui...rsss

Beijos e parabéns!

Marilena disse...

Parabens!! Eu pra ser sincera não votei, sniff.

Não que não quisesse mas ando na correria e fui deixando pra depois e acabou não dando tempo.

Vou passar lá agora para ver o texto da dani porque adoro ler quem escreve bem.

Ja faz tempo que estou querendo escrever sobre estas cobranças que as mães sofrem hj e pela pressão para ser mãe maravilha.
Meu pediatra do Brasil sempre me dizia: relaxa marilena, se vc não estiver bem as crianças tambem nao estarao e vc é uma pessoa inteira e nao somente mãe.
E como vc disse: não tem o que substitua uma criança para outra criança. E para nós que moramos em outro país a escolinha é uma excelente oportunidade de contato com a nova lingua. Sem contar que muitas vezes nos ajuda na nossa propria socialização (principalmente para as timidas como eu).

bj

Paulo Belem disse...

PARABEEEEEEENS! meu voto foi um dos que fez vc "PLUFT" subir pra cima e vencer! Eu adoro a Lola e adoro vc fico feliz de ves terem se entendido! Lembra que fui eu quem indicou o blog dela quando estavamso na fila do show da Madonna? Quero 10% do prêmio como comissão...

Luciana Håland disse...

Nós, suas leitoras, não brincamos em servico. Parabéns pela vitória no concurso, parabéns pelas vitórias conquistadas nesse tempo aí na Suécia, e parabéns por ser uma mãe täo legal e ainda parabéns pelo filho fofo.
Adorei esse post, de repente ele participa de um concurso também.
Beijo

Anônimo disse...

Parabéns brabuléts! Fico feliz por ser parte de + uma história da sua vida... afinal de contas, meu voto também fez vc "pluft"!

O post de 2008 é show... mas não melhor q este aqui, quase 1 ano depois. É maravilhoso ver o desenvolvimento do Angelo!
Vc é realmente uma super mulher que escreve, pinta, estuda sueco, faz pic-nic com as amigas, dá conta da casa, do marido, do filho... sabe qdo é hora do Angelo brincar, dancar, cantar, se concentrar, comer, dormir, etc. Sempre ligadas nos detalhes e - nem adianta discordar de mim desta vez - olha aí o resultado... sucesso! :-D

Parabéns baby! Eu "si" orgulho docê.

Beijos
Xu

Beth/Lilás disse...

Viva! Eu também participei com meu votinho, afinal sou sua leitora assídua e apaixonada. Fico feliz pelas suas conquistas nesta terra tão distante, feliz de ver teu amor com teu marido, feliz de ver este filho lindo crescendo alegre e comunicativo como você.
Parabéns, Sonildes, você é uma celebridade para nós!
beijinhos cariocas

lola aronovich disse...

Ah, que bom que vc gostou de participar do concurso. Como eu disse no meu post, tanto o texto da Dani quanto o seu foram os meus favoritos. Eu não conseguia me decidir, e a verdade é que acabei votando nos dois! (usei o computador do maridão). Os dois realmente são ótimos, e são tão diferentes que fica difícil escolher.
Podem me imitar à vontade! Quero mais é que todo mundo promova concursos. Aí eu tb posso participar um pouquinho de vez em quando... O importante mesmo é divulgar, muito mais que competir. Mas acho que criando essa falsa competição mais gente acaba se animando pra ler outros blogs.
Quero que vc e a Dani (e outras blogueiras que escrevem bem) participem dos próximos concursos. Leitoras daqui, apareçam lá no meu humilde bloguinho para indicar textos. Por enquanto aqui:
http://escrevalolaescreva.blogspot.com/2009/06/resultado-do-primeiro-concurso-de.html
E este update ao seu post de 2008, Somnia, ficou lindo! Suponho que alguém elogiar um filho nosso com tanto carinho seja ainda melhor que ouvir um elogio próprio (tipo, vamos comparar o que é mais legal: "Somnia, seu cabelo é muito bonito e você é simpática" ou "Seu filho é uma criança perfeita e feliz"? No contest!).
E Paulo, vc não tem coisa melhor pra fazer na fila de um show da Madonna (!) do que falar de mim, não? Ok, tô me sentindo nas nuvens agora! Meu nome sendo lembrado num show internacional!
Abração pra todas(os).

BarbieGirl disse...

Sommia,

Fiquei muito feliz e emocionada ao ler seu texto!!
É bom saber que vc tem crescido, amadurecido num reino tão tão distante!
E o melhor está muito feliz com seus sonhos, projetos, com seu pequeno príncipe e com seu marido!!

Parabéns!!

beijos

Irene disse...

O Renato não votou!Este meu filho!Aqui em casa votamos e comemoramos cada pluft!Que venham novos leitores para lerem seus lindos textos.E como vavá coruja, tenho um neto bonito,saudável e muuiito feliz!!
Beijos!!

Danissima disse...

Somnia, eu tenho uma opinião que não posso guardar pra mim: vc é uma mãe MA-RA-VI-LHO-SA! Com pais como vc e o Renato, não tinha jeito de ser diferente com o Anjo de cachinhos...

Dri disse...

Oi Sô,

Parabéns! Você merece! Fiquei muito feliz e fiz a maior campanha eleitoral por aqui.

Bjs,

Dri

Beth/Lilás disse...

Barbuletinha querida!
Gostaria de ver um comentário seu no meu último post. Considero-a muito importante em suas colocações sensatas, por isso venho lhe pedir este obséquio.
abraço e um lindo final de semana

Somnia Carvalho disse...

Dani fique sem vergonha que a gente gosta!!! rs...

Olha vou dizer que ganhar de um texto bonitao que nem o seu da mais orgulho! hihi de novo!

passei la no seu canto e vi o texto do futebol, vc escreve bem que e uma beleza!

Somnia Carvalho disse...

Marilena, escreve sobre o assunto que vou dar o maior hapoio!!!

voce nao votou? perai! vou pensar melhor se te apoio! rs...

Essa nossa experiencia como maes fora nos da umas dificuldades tremenda, mas nos gabarita pra muito tambem ce nao acha?

Somnia Carvalho disse...

Paulo Belém lindão!

sua comissão foi para aquela sua conta na Suica! Aquela mesma que a Madona e a Lola ficam te mandando comissões por você fazer propaganda por ai delas!

e obrigadeeeeesima! amei!

Somnia Carvalho disse...

Oi Lu!!!

voce e muito fofa sabia?
e fico com pena da gente viver tao perto e nao poder se encontrar! to em falta com voce e muita gente! andei so de praia em praia, faxina em faxina e vou passar no seu canto pra ver novidades!

beijocas e obrigada por nunca brincar em selviço santa!

Somnia Carvalho disse...

Molé,

olha vou dizer que eu realmente deveria aumentar seu otimo salario de colaboradora do blog! esses seus elogios baby, depois de nunca concordar comigo nos posts foi otimo! rs...

obrigada, do fundo do coracao... pelo voto, mas pelo voto de confianca e por enxergar essa mulher que eu mesma tenho dificuldade de ver de vez em quando...

Acho que quando as amigas nos lembram a gente meio que cai na real e para de pensar na barriguinha que ta maior, no jeito chato disso ou daquilo!!!

obrigada!

Somnia Carvalho disse...

Liláás,

voce me chama de Sonildes de dia e eu perco o sono pensando em post a noite! rs..

brincadeirinha, mas eu adoro Sonildes!!! ela precisa voltar!

obrigadissima pelo voto lindona!

Somnia Carvalho disse...

Oi Lola!!!

Ahá! esse recurso de votar em um e em outro com dois micros e bom mesmo pra quando nao da pra decidir nao?! a gente podia ter usado do super recurso, ja que eu votei com um na dani e meu maridox poderia ter votado com o outro, mas como eu disse: ele se esqueceu-se!!! rs...

bom, adorei sim ter participado e espero que eu seja minimamente organizada e consiga mesmo fazer um concurso aqui! minhas leitoras sao otimas blogueiras e animadesimas! entao, pau na jaca mane!

legal! eu vou pensar se tenho algum texto que poderia entrar nesse proximo tema, mas eu nao tenho certeza... beijocas!

Somnia Carvalho disse...

Sim Barbie! num reino muuuito distante, quase perto daquele onde a Bela Adormecida e todas aquelas foram inventadas! ce sabe ne? o Andersen que criou os contos viveu na Dinamarca!

eu fui visitar a cidade onde ele viveu... Odense, linda!

beijos e obrigadesima!

Somnia Carvalho disse...

Vavá Irene,

voce tem o neto lindo e o filho esquecidinho! rs..

obrigadissima pela sua animacao! e fiquei muito feliz que voce tivesse partilhando comigo o fato de eu escrever o blog e de ser legal que ele seja popular e as pessoas gostem dos textos!

voce tem uma boa participacao nisso! me deu o filho que me deu o seu neto que me inspirou no texto que ganhou!

beijocas e valeu!

Somnia Carvalho disse...

Com é que é Dri?

você fez uma barganha maioral??? heiiim??? nao ouvi direito! acho que teve comunicao errada aqui viu pessoal! e claro que ela nao fez campanha eleitoral, nada disso, ela disse que me acha a maior cunhada bacana maioral!

rs...

verdade Dri! acho que o Paulo Belem entrou nessa de boca de urna ento!

beijocas e obrigada cunhadissima!

Somnia Carvalho disse...

Lilas,

fui la e comentei! o texto era muito bom, mas o tema polemico! gostei de me ter chamado pra prosa!

Mariel Stupp disse...

Parabéns, brabuleta!!!
Eu sou uma que adorou a oportunidade de ler um texto antigo mas tao gostoso e bem escrito!!! Me arrancou làgrimas...

E fica tanquila quanto a nao responder aos comentàrios, o verao é curto, quem jà passou por isso aqui, sabe!!

Lúcia Soares disse...

Oi, Sônia. Eu nem posso lhe dizer se votei ou não, não me lembro. Fui ler o texto, adorei, já o conhecia, claro, pois leio aqui sempre. Mas minha vida anda meio "de ponta-cabeça" e preciso me organizar, entender que as coisas são como são e não como gostaríamos que fosse. Velha desse jeito ainda não aprendi!
Parabéns pra você e mereceu ganhar. Você escreve muito bem e com a alma, não pra agradar. Bj