30 agosto 2009

O que se pode aprender no exército sueco?


O marido chegou com esse aprendizado depois do futebol internacional do domingo. Segundo ele, os suecos do grupo disseram que no Exército Sueco eles ensinam que:

Você pode sempre dez vezes mais do que você próprio imagina. Cem vezes mais do que os seus amigos imaginam que você pode e mil vezes mais do que o que a sua mãe imagina que você pode.

Uptdate, segunda-feira:

Eu ando mal não? Acabei esquecendo-me completamente de esclarecer porque achei que a idéia acima poderia ser esclarecedora sobre nós mesmos e o que acham da gente. Quando li pensei em muitas de vocês e do que escrevem em seus blogs, do que superam a cada dia e de quantas vezes se subestimam. 

Lembrei de minha amiga Liana que há uns dois meses atrás dizia nem conseguir subir na bike, quando eu a incentivei a comprar uma. Na sexta estávamos checando o caminho que fazemos todos os dias para ir ao curso de sueco, voltar para casa e buscar nossos pequenos. Ela pedala 24 km por dia e eu entre 16 e 18 km. 

Ficamos bestas com o que conseguimos e como tem sido bom viver a vida na bike, sentir-se livre em cima dela e ainda exercitando-se.

Há dois anos, quando Renato dizia que eu deveria usar bicicleta aqui eu me recusava dizendo que não aguentaria pedalar tanto. Eu não era capaz de acreditar que podia muito muito mais do que imaginava de mim mesma...

7 comentários:

Camila Hareide disse...

Gostei dessa aí! Motivacional de botequim, mas daqueles que funciona!?

beijo

Somnia Carvalho disse...

ce ta rapida em fofa?

eu adorei! haha... principalmente sobre o quanto as mães acham que seus filhos conseguem...

tentando proteger proteger acho que mae sempre pensa que a gente so consegue e so pode ir ate ali bem pertinnn... ou nao pode muito porque e fragil, mas a relacao e tao poderosa que leva tempo para a gente perceber que nao, a palavra dela nao e definitiva. Podemos e devemos ir alem... rs

eu adoro filosofar no botequim...

Beth/Lilás disse...

Uai, e tem exército sueco?! Pra què?
hahaha
bjs cariocas

Anônimo disse...

Um amigo meu diria o seguinte (sobre ele mesmo): "eu queria ser bonito como minha acha q eu sou, ter o dinheiro que minha filha acha q tenho e as amantes q minha mulher acha q eu cato"... kkkkk
Indo um tanto qto na direcão oposta do motivacional sueco.

Agora, voltando a filosofia do botequim... a gente tem + é que botar fé em nós mesmos.

bjos, Xu

Somnia Carvalho disse...

Lilas para voce que nao conehce historia sueca eles ja tiveram guerras aqui fofa... simmmmm! no seculo 18.. acho... simmmm! li na aula hj...

Somnia Carvalho disse...

Camila quando vc leu o texto eu nem tinha explicado porque eu tinha achado legal... coloquei uma explicacion no fimmm.... mas funciona mesmmo1

Somnia Carvalho disse...

Xu, messs porque as maes nao botam...

elas pensam assim: nao vai que vc cai
nao pisa se nao afunda
nao vai longe que vc se perde
nao pega que vc nao aguenta

hahaha

e a gente claro pode muuuito mais!