Pular para o conteúdo principal

"Eu voltei pras coisas que eu deixei, eu volllteeeei!"

("As vedetes de Paris", eu e Dri felizes da vida, posando para fotógrafa do barco que nos levou para ver as "Vedetes", os lugares mais conhecidos da cidade, agosto de 2009)


Querida pooovo brasileiro e queridos leitores todos,

Passei a semana toda bem longe do meu computador. Estive tentando levar a tia Dri para ver algumas coisas ainda antes dela embarcar daqui a pouquinho. Estive cuidando do Ângelo, que havia ficado ótimo e feliz com o pai no fim de semana, mas caiu doentinho na segunda. Vai ver queria chamar a atenção da mãe. E conseguiu. Ele agora já tá bem de novo e serelepe.

A viagem foi sim muuuito boa. Tudo valeu a pena. Dá para notar na nossa cara de felicidade que a fotógrafa do barco captou aí acima? Foi a quarta ou quinta vez que estive em Paris, já não me lembro, mas cada centímetro de tempo que tivemos aproveitamos para andar e ver tudo que podíamos na cidade luz. Vinhos no Sena e crepe de chocolate pelas ruas. De bicicleta, de metrô e a pé fomos explorando cada pedacinho da cidade...

Escrevi meio que um diário de bordo que pretendia postar assim que voltasse, mas a gripinha do Ângelo me deixou total para ele. 

Escreverei breve breve, bem como voltarei para responder os comentários, voltarei para encontrar vocês e tudo o mais. Obrigada por quem me mandou recados vários e se preocupou se tava tudo bem e obrigada pela super participação nos posts abaixo. 

Agora vou para o aeroporto despachar a cunhada que vai deixar muita saudade e quem fez a gente ter vontade de embarcar junto pro Brasil também... ces la vie!

Comentários

Beth/Lilás disse…
Inté que enfim!
Que bom, voltou feliz da vida e os bêbes ficaram bem. Eu acho que filho adora ficar com o pai de vez em quando. Falam a mesma língua e brincam com as mesmas coisas até quando ficam maiorzinhos. Carrinhos, bibi, montagem, ferramentas, etc.
E depois, a mãe enche o saco com banho, comidinha na hora certa, cabelinho penteado, cara limpa e coisas pra eles muito chatas.
Fez muito bem em ter ido pra Paris!
Queremos ver as fotos logo logo.
Aproveita e faz um ensaio fotográfico que nem o meu post de hoje, dei as dicas lá nos comments.
Beijos cariocas saudosos
Aiii que carinha de felicidade...
Estou muito feliz por você e pela cunhada tb, né?

Logo, logo volte e nos conte tudinhoooooo!!

Beijos!!
Luciana disse…
Somnia, bem vinda ao mundo virtual. Espero que sua viagem tenha sido tudo de bom, depois conta pra gente.
Beijo
Camila Hareide disse…
Que que é essa foto de Sacre Couer à noite???? É de verdade, menina? Posta as fotitos logo, to com vontade!!! "We will always have Paris!"...
Lúcia Soares disse…
Oi, Sônia, Somnia! Então, Paris esteve em festa, com sua presença! Não a conheço (nem a você, nem Paris...) mas já me disseram que ver La Tour Eiffell (assim??) iluminada é emocionante.Bom, quem sabe um dia eu vá ver isso de perto.Bj
Somnia Carvalho disse…
Pessoal,

to começando a responder os comentários de trás pra frente...

Primeiro vou nesse post, depois - ou seja, amanhã - aos outros, ok?
Somnia Carvalho disse…
Betíssima,

sim, eles ficam muito bem com os papis mesmo!
o Angelo e louco pelo Re e sempre penso em criancas que nao podem ter a figura do pai por perto.

Em nenhum momento eu duvidei disso. Talvez eu tenha tido mesmo mais receio de pensar se o angelo entenderia que eu voltaria, se ele nao se sentiria abandonado... mas nao pareceu. Ele brincou, comeu, dormiu bem e ainda disse que a mamae iria trazer pesente! pru angilu...
Somnia Carvalho disse…
Barbiezita,

comecei a tentar contar "quase tudo" no post que escrevi ali acima!

rs...

espero que goste da aventura tombem!
Somnia Carvalho disse…
Lu,

foi otima sim! obrigada benzoca!

vou contando com calma e respondendo comentarios com calma tambem! so hoje lavei 3 maquinas de roupa suja, entonces! vamu entre uma lavada e outra...
Somnia Carvalho disse…
Camilaaa,

lindissima nao!? mas sabe que tombem nao acrediti que seja de verdade! ta demais de perfeito!

embora eu tenha presenciado uma noite maravilhosa do algo do Pompidou tombem!

Paris sempre sera nooossa!

vou contando, espero que curta!
Somnia Carvalho disse…
Lucitia querida,

simmm é lindo demais!

ver a cidade toda da uma coisa...
e tudo planejado, o Napoleonn tinha mania de grandeza e tudo saiu perfeito..

a Torre nao era projeto dele nao, mas a cidade luz é lindissima de dia e de noite!

voce nao deve perder...eu sempre digo que se vc ta a fim de ir pra zoropa nao deixe de ir a Paris porque e tudibom!

Postagens mais visitadas deste blog

"Ja, må hon leva!" Sim! Ela pode viver!

(Versão popular do parabéns a você sueco em festinha infantil tipicamente sueca) Molerada! Vocês quase não comentam, mas quando o fazem é para deixar recados chiquérrimos e inteligentes como esses aí do último post! Demais! Adorei as reflexões, saber como cada uma vive diferente suas diferentes fases! Responderei com o devido cuidado mais tarde... Tô podre e preciso ir para a cama porque Marinacota tomou vacina ontem e não dormiu nada a noite. Por ora queria deixar essa canção pela qual sou louca, uma versão do "Vie gratuliere", o parabéns a você sueco. Essa versão é bem mais popular (eu adorava cantá-la em nossas comemorações lá!) e a recebi pelo facebook de minha querida e adorável amiga Jéssica quem vive lá em Malmoeee city, minha antiga morada. Como boa canção popular sueca, esta também tem bebida no meio, porque se tem duas coisas as quais os suecos amam mais que bebida são: 1. fazer versão de música e 2. fazer versão de música colocando uma letra sobre bebida nel

Mãe qué é mãe mesmo...

(Picasso, Mãe e criança, 1921) Mãe qué é mãe mesmo... Já deu uma de cientista e foi até o quarto do bebê só para checar se ele respirava. Já despencou de sono em cima dele, feito uma galinha morta, enquanto amamentava. Já caminhou pela casa na ponta dos pés, como uma bailarina, só para não acordar o pimpolho. Mãe qué é mãe mesmo... Já perdeu a conta das mamadas e esqueceu qual o peito deveria dar. Já deu oi pro lindo rapaz que dormia ao seu lado e dormiu antes de continuar a conversa. Já adquiriu habilidades múltiplas como comer com uma mão só e fazer xixi com o bebê no colo. Mãe qué é mãe mesmo... Ama e odeia, ama e odeia. Às vezes chora e muitas vezes sorri. É ao mesmo tempo carrasca e heroína. Mãe... é uma garota crescida com uma boneca de verdade nos braços. Precisa de atenção e carinho tanto quanto seu brinquedo.

O que você vê nesta obra? "Língua com padrão suntuoso", de Adriana Varejão

("Língua com padrão suntuoso", Adriana Varejão, óleo sobre tela e alumínio, 200 x 170 x 57cm) Antes de começar este post só quero lhe pedir que não faça as buscas nos links apresentados, sobre a artista e sua obra, antes de concluir esta leitura e observar atentamente a obra. Combinado? ... Consegui, hoje, uma manhã cultural só para mim e fui visitar a 30a. Bienal de Arte de São Paulo , que estará aberta ao público até 09 de dezembro e tem entrada gratuita. Já preparei um post para falar sobre minhas impressões sobre a Bienal que, aos meus olhos, é "Poesia do cotidiano" e o publicarei na próxima semana. De quebra, passei pelo MAM (Museu de Arte Moderna), o qual fica ao lado do prédio da Bienal e da OCA (projetados por Oscar Niemeyer), passeio que apenas pela arquitetura já vale demais a pena - e tive mais uma daquelas experiências dificilmente explicáveis. Há algum tempo eu esperava para ver uma obra de Adriana Varejão ao vivo e nem imaginava que