Pular para o conteúdo principal

Quem está a dar o ar da graça?

(No caminho, ao meio do cemitério, florezinhas espalhadas entre os túmulos, Malmö, fevereiro 2009)


A temperatura voltou a cair novamente esses últimos dias e tem oscilado entre 2 e 7 graus positivos. 

Depois de uma semana de molho, com Angelinho doente, ontem fomos respirar ar fresco e tomar o sol gostoso que apareceu de manhã. Foi, então, que notamos que por vários cantos da cidade há flores pequenininhas aparecendo no meio da grama queimada da neve. 


("Mamãe, páto!", eu e Ângelo no Slotspark, Malmö, fevereiro de 2009)


Além da cor o barulho também mudou: tem pássaros cantando e patos chegando aos parques novamente. Nem um ou outro lago congelado tem espantado o desejo de todo mundo que a Primavera chegue. E, ainda que oficialmente a nova estação só comece na terceira semana de março, por aqui ela está mesmo já dando o ar de sua graça...


Comentários

Anônimo disse…
Hora da Jana voltar!! :D

Bjs!
Boa semana Soninha!
Érica disse…
Somnia, ficou tão lindo esse template novo do blog! Estou doida por ele, pena que não combina com o meu blog. Amei as fotos. Essa última merece um scrap.
Melhoras para o Ângelo!
olhodopombo disse…
parece cena de contos de fadas
Anônimo disse…
SOMNIA, te achei no BRASSAr e vim te visitar.Olha, por aqui, a nevem cai e muito.O tempo é fechado, o frio comanda e assim vamos levando.
Dias felzies
Grace
www.graceolsson.com


Ah...mas os pássaros já comecaram a cantar,.
Somnia Carvalho disse…
Conto de fadas?
eu tambem tive essa impressão de algo muito ludico!
Fáfátima!
Somnia Carvalho disse…
Ola Grace!

jura? que legal o Brassar além de ser bom para eu escrever lá ainda me traz leitores legais!

estou tentando entrar na sua pagina, mas to saindo correndo pra aula... vejo depois e mando recado!

prazer em conhece-la!
voce tambem mora em estocolmo? aqui ja sinto a primavera... so um casaco mais leve ja ta bom!
5 graus e bem quentinho... rs
Somnia Carvalho disse…
Jana, Érica e Fátima,

adorei que voces tenham adorado o template novo! como eu disse nas respostas do post acima, mudança e sempre bem vinda, ainda mais em decoracao!

beijocas

Postagens mais visitadas deste blog

"Ja, må hon leva!" Sim! Ela pode viver!

(Versão popular do parabéns a você sueco em festinha infantil tipicamente sueca) Molerada! Vocês quase não comentam, mas quando o fazem é para deixar recados chiquérrimos e inteligentes como esses aí do último post! Demais! Adorei as reflexões, saber como cada uma vive diferente suas diferentes fases! Responderei com o devido cuidado mais tarde... Tô podre e preciso ir para a cama porque Marinacota tomou vacina ontem e não dormiu nada a noite. Por ora queria deixar essa canção pela qual sou louca, uma versão do "Vie gratuliere", o parabéns a você sueco. Essa versão é bem mais popular (eu adorava cantá-la em nossas comemorações lá!) e a recebi pelo facebook de minha querida e adorável amiga Jéssica quem vive lá em Malmoeee city, minha antiga morada. Como boa canção popular sueca, esta também tem bebida no meio, porque se tem duas coisas as quais os suecos amam mais que bebida são: 1. fazer versão de música e 2. fazer versão de música colocando uma letra sobre bebida nel

Mãe qué é mãe mesmo...

(Picasso, Mãe e criança, 1921) Mãe qué é mãe mesmo... Já deu uma de cientista e foi até o quarto do bebê só para checar se ele respirava. Já despencou de sono em cima dele, feito uma galinha morta, enquanto amamentava. Já caminhou pela casa na ponta dos pés, como uma bailarina, só para não acordar o pimpolho. Mãe qué é mãe mesmo... Já perdeu a conta das mamadas e esqueceu qual o peito deveria dar. Já deu oi pro lindo rapaz que dormia ao seu lado e dormiu antes de continuar a conversa. Já adquiriu habilidades múltiplas como comer com uma mão só e fazer xixi com o bebê no colo. Mãe qué é mãe mesmo... Ama e odeia, ama e odeia. Às vezes chora e muitas vezes sorri. É ao mesmo tempo carrasca e heroína. Mãe... é uma garota crescida com uma boneca de verdade nos braços. Precisa de atenção e carinho tanto quanto seu brinquedo.

O que você vê nesta obra? "Língua com padrão suntuoso", de Adriana Varejão

("Língua com padrão suntuoso", Adriana Varejão, óleo sobre tela e alumínio, 200 x 170 x 57cm) Antes de começar este post só quero lhe pedir que não faça as buscas nos links apresentados, sobre a artista e sua obra, antes de concluir esta leitura e observar atentamente a obra. Combinado? ... Consegui, hoje, uma manhã cultural só para mim e fui visitar a 30a. Bienal de Arte de São Paulo , que estará aberta ao público até 09 de dezembro e tem entrada gratuita. Já preparei um post para falar sobre minhas impressões sobre a Bienal que, aos meus olhos, é "Poesia do cotidiano" e o publicarei na próxima semana. De quebra, passei pelo MAM (Museu de Arte Moderna), o qual fica ao lado do prédio da Bienal e da OCA (projetados por Oscar Niemeyer), passeio que apenas pela arquitetura já vale demais a pena - e tive mais uma daquelas experiências dificilmente explicáveis. Há algum tempo eu esperava para ver uma obra de Adriana Varejão ao vivo e nem imaginava que