10 julho 2008

Coisas pequenas

(Ângelo..., julho de 2008)

Ainda pensando no post de ontem, sobre a "vontade de mudar", "o mudar de vida" e sobre as "coisas pequenas"...

Coisas pequenas e valiosas que acho que devemos conseguir perceber no meio do corre-corre do dia. Coisas como ter voltado agora há pouco de um parque, ouvindo Ângelo falar com os pássaros. Ou ainda, ver o Renato, no sábado, durante uma hora no jardim, olhando e fotografando seu Angelinho enquanto ele dormia... Ver que ele esperou pacientemente que seu bebê acordasse e só depois subiu as escadas com ele... 

Pensando nessas coisas foi impossível não pensar e querer ouvir Madredeus.

Abaixo a letra de uma das mais belas canções que conheço e, na sessão de links de músicas, do lado direito, o vídeo para inspirar a nossa quinta-feira... Bom dia!


(Pai e filho, ..., julho de 2008) 

 

Coisas Pequenas

"Coisas pequenas são
coisas pequenas
são tudo o que eu te quero dar
e estas palavras são
coisas pequenas
que dizem que eu te quero amar.

Amar, amar, amar
só vale a pena
se tu quiseres confirmar
que um grande amor não é
coisa pequena
que nada é maior que amar.

E a hora
que te espreita
é só tua.
Decerto, nao será
só a que resta;
a hora
que esperei a vida toda,
é esta.

E a hora
que te espreita
é derradeira.
Decerto já bateu
à tua porta.
A hora
que esperaste a vida inteira,
é agora.

Madredeus

Um comentário:

Jana! disse...

e tudo passa tão rápido né?


bjs