08 julho 2008

Alô? quem tá falando? Olá! quem é você que me lê?



A internet é um meio incrível e estranho de comunicação. 
Incrivelmente estranho.
Enquanto escrevo da "solidão" do meu canto, cá nesse país onde nunca pensei viver, a Suécia, alguém que eu nunca, jamais, em tempo algum, conhecerei ou sequer imaginarei existir, estará de lá, daquele seu cantinho "solitário", se comunicando comigo.

Mas eu sou das antigas. Aprendi numa das lições do Crisma que comunicar era uma interação direta entre dois agentes ou mais. Me disseram, naquela época, que quando A falava, por exemplo, B deveria estar todo atento e ouvir. E que quando B começasse a falar, A seria todo ouvidos. Só assim poderia haver uma troca verdadeira entre esses agentes comunicadores.

E talvez seja isso que me dê, de vez em quando, uma coisa incômoda de escrever um blog. Nessas vezes, essa comunicação canhota parece algo em torno de: ou A está se exibindo, sem se preocupar em deixar B falar ou, então, B não está todo atento, ouvindo e, por isso, não tem interesse em responder e em se comunicar.

Delírios de uma rapariga "antigua"... 

...

Mas, porém, contudo, todavia...

Em 3 dias de circulação desse "widgets" (esse negócinho coloridinho que fica passando os visitantes pela sua cidade e seu país), este blog recebeu mais do que a adorada e querida visita da minha mãezinha, Dona Maria, de Sumaré, e de minha sogra assíduasíssima, a Irene, de Santo André.




Para minha surpresa, no total foram:

87 cidades:

- 58 delas, no Brasil.
(excluindo 35 visitas que o programa não reconheceu a cidade e citou apenas como Brasil).
- 14, em Portugal, onde os "amigos" falam a mesma língua que nós e o blog.


15 países:

Brasil e Estados Unidos, do lado de vocês.
Suécia e Dinamarca, na Escandinávia.
Reino Unido.
Portugal, Espanha, França, Itália, entre os países mais chegados da gente.
Croácia, Turquia, República Checa, Indonésia e Japão, para citar os que me pareceriam improváveis.

Tudo bem que eu tenho amigos mui queridos espalhados por uns cinco países diferentes, mas eles não chegam a tantos. E tudo bem também que, muito provavelmente, a maior parte seja de falantes de português, espalhados pelo mundo...

Não sei se o tal do negócinho azul prova alguma coisa. O meu blog é simples e muito pequeno. Recebo em torno de 60 ou 70 visitas diárias. O que não seria nada mesmo, se eu comparar com os "famosos" que recebem milhares por dia. 

Mas esse não é o ponto pra mim. O ponto é eu pensar quem! quem em Umuarama ou Pindamonhangaba! Quem em Santo Antonio de Posse ou em Coimbra! Quem está "se comunicando" comigo?

Eu fico muito curiosa de pensar: que pessoa é essa? como é? o que pensa? como vive? 
E como veio parar aqui? como acabou por chegar por aqui e agora um pouco que reparte a minha história de vida ou o que penso dela.

E, pensando por este prisma, 60 visitas é muito! São visitas valiosas.

Talvez eu deva mudar a perspectiva da minha aula moderninha-ultrapassada do Crisma que tive aos 15 anos. E talvez comunicar, nessa nossa época "de agora", seja algo parecido com aquelas cenas de filmes de ficção, onde a pessoa escolhe viver e absorver determinadas experiências para sua vida e se sente "em sintonia" com aquela vivência.

Não sei não.
Só sei que é curioso e estranho.
Sobretudo porque praticamente a maioria de vocês passa em silêncio...

É muito estranho que todos vocês que me lêem me sejam estranhos.

Ainda assim ou de qualquer forma: obrigada!

6 comentários:

Irene disse...

Gostei de ver e ler a lista de visitantes de seu blog.Continue se comunicando com o mundo.Sabe aquela música do Gilberto Gil:
Aquele Abraço.
Todo povo brasileiro-aquele abraço!
Pra você que me esqueceu-aquele abraço!
De sua leitora assídua-aquele abraço!
Irene

Anônimo disse...

Oi Muié!

Você sabe que domingo mesmo eu comentei com o Gus sobre esta novidade do seu blog. Fiquei impressionada com o tanto de gente de Portugal na lista. Mas pensando bem; Aydin, Roznov e Jakarta, por exemplo, são bem + curiosos.
Olha só, São José dos Campos e Floripa pode ser por minha causa (pois seu blog está no meu álbum). E se aparecer Holambra na lista, pode crer que é alguém da minha família...rs!

A propósito, 60 visitantes por dia é coisa pra caramba!!!! Continue nos entretendo.

Beijos
Xu-Muié

Somnia Carvalho disse...

Irene, curiosíssimo!
sabe qual o primeiro nome que dei a este post?

"Aquele abraço"

exatamente porque ao pensar o assunto, fiquei cantarolando a musica do Gil, até separei no you tube pra pôr no blog e acabei nao colocando! valeu lembrar, que vou fazer isso! a musica e tao gostosa!!!

Somnia Carvalho disse...

Querida Muié,

legal né essas visitas?
não é que eu ache a visita de Pindamonhangaba mais curiosa que a de Jacarta.! é que Pin-da-monhan-ga-ba é uma cidade que sempre pensava porque a gente tem aquelas frases estupidas, tipo... mora la na Pindamonhangaba, ou seja, muuuito longe... frase idiota, mas eu penso nela! lembra do post onde escrevi que Berlim me lembrava "Take my breath away"? mesmo estilo...

minha mente corre rapido e busca referências idiotas!

acho muuuuito legal alguem das Pindamonhangabas acessar meu blog, mesmo que rapidamente... mas agora quer saber?

o que voce acha de Vaduz??? capital de Linchenstein? tem tanta cidade diferente, capitais etc... que to aprendendo geografia! incrivel! incrivel!

Eveline disse...

Olá amiga.
Que bom minha cidade está postada no widgest, sou de Novo Hamburgo -RS. Acompanho sempre teu blog, econtrei por acaso ano passado e agora leio semanalmente. Parabens é muito lindo teu Blog. Beijos

Somnia Carvalho disse...

Hey Hey Eveline!

Seja sempre muito bem vinda a este blog e aos comentários! Realmente fico feliz em saber que você passou e voltou... e mais ainda: que deixou seu rastro agora!

Do Rio Grande do Sul eu só conheço Gramado e as cidadezinhas do lado... foi um passeio bem turistão mesmo, mas uma delícia!

Escreva sempre e se quiser me falar o que te faz entrar semanalmente no meu blog e a gente trocar figurinha, mande email pro borboletapequeninanasuecia@gmail.com!

até!!!