31 julho 2008

Amamentar é muito mais que o ato solitário de uma mulher...


Tem algumas coisas que a gente aprende quando é mãe e tenta amamentar, ou quando se põe a perceber a realidade da mulher que amamenta. 

Uma delas é que essa iniciativa não pode ser solitária, sobretudo porque é uma fase em que a mulher precisa de todo o incentivo e apoio que conseguir. E porque, só o desejo de amamentar não basta. Há uma gama de problemas que surgem nos primeiros dias e meses de amamentação que acabam levando esse desejo abaixo. 

As cobranças que a gente mesma se faz são demasiadas e as intenções de ajuda de quem está de fora, nem sempre conseguem ter o efeito esperado. 

A Semana Mundial de Aleitamento Materno, que vai de 01 a 07 de agosto, tenta incentivar o aleitamento a partir da idéia de que amamentar não é algo que a mãe faça sozinha. Ela pode e deve tomar a inciativa para isso, mas é preciso uma rede de colaboradores que começa em casa, com o pai da criança, estendendo-se a todas as pessoas próximas à mulher até chegar ao Governo do local onde ela vive.

Abaixo algumas regras de ouro da amamentação que, há 16 anos, são incentivadas pela Semana.


***


A alimentação ideal da criança pequena consiste em:

• Mamar no peito até pelo menos os 2 anos de idade.
• Nos primeiros 6 meses de vida, só o peito.
• Depois, peito junto com alimentos complementares adequados.

Apóie as mães para que elas possam proporcionar essa alimentação ideal aos seus bebês! 


1º regra de ouro no apoio ao aleitamento materno:

• Tratar a situação de cada mãe e bebê como individual e única.
• Ser sensível às necessidades da mãe que amamenta. 


2º regra de ouro no apoio ao aleitamento materno

• Escutar com empatia para conhecer as preocupações maternas.
• Evitar falar, a não ser para esclarecer.
• Oferecer informações e sugestões para que as mães façam as próprias escolhas.
• Não dar ordens.


3º regra de ouro no apoio ao aleitamento materno

• Garantir que pais e familiares estejam bem informados para que possam apoiar a mulher que
amamenta.


4º regra de ouro no apoio ao aleitamento materno

• Responsabilizar governos, locais de trabalho e sociedade pela criação de um ambiente em que 
toda mulher possa optar pelo aleitamento materno e manter sua decisão.


5º regra de ouro no apoio ao aleitamento materno

• Acreditar que a mãe é capaz de amamentar com sucesso e dizer isso a ela.
• Reconhecer quando uma mulher pode precisar de mais ajuda do que aquela que você pode oferecer


Participe da blogagem coletiva de amanhã, enviando frases, textos curtos, fotos etc para o endereço: borboletapequeninanasuecia@gmail.com. E vamu que vamu!

4 comentários:

Lilás disse...

Olá, Somnia!
Vim através do blog S.Estocolmo e estou encantada em conhecer este seu pedacinho virtual.
Coisa mais linda este seu filhote! Parabéns!
Desejo-lhe tudo de bom aí na distância e pase lá no meu cantinho também para papear.
beijos cariocas

Anônimo disse...

Muié

Tenho ZERO experiência no que diz respeito ao aleitamento marterno... mas dou meu total apoio.
O que eu queria dizer mesmo é que vc e Angelo ficaram ótimos no outdoor! Uma ótima campanha pra esta semana. Aliás, está o maior buxixo em Malmö sobre este outdoor, bem na entrada da cidade.

beijos
Xu-Muié

Somnia Carvalho disse...

Lilás,

passeio no seu canto também! ótimas coincidências!

Somnia Carvalho disse...

Muié,

seu rapoio é mais que super importante!

eu te apoiarei quando você estiver amamentando também!!!