04 dezembro 2009

Uma foto, mil lembranças: Natal no Haiti e em Penedo, mais dois relatos cheios de emoção

(Camila Castro em seu inesquecível Natal no Haiti, Caribe, 2005)

Bom dia!

Aqui o dia é sem exceção cinza e não tem nada de bonito nele. O que haverá de colorido amanhã será nossa festa de Natal, aqui em casa, com parte dos queridos amigos que fizemos aqui.

Celebraremos com comida, bebida, cantoria, conversa em vários idiomas. O Natal antecipado tem cara de amizade e companheirismo para mim nesse dia.

E é exatamente sobre o Natal e o que o envolve que duas outras queridas blogueiras escreveram sobre "Uma foto, mil lembranças".


(Milla Viegas no Natal fora de hora mais marcante de sua vida, Penedo, Rio de Janeiro, 2007)

A Milla Viegas, no post "Nossa viagem a Penedo", fala de um Natal fora de hora que realizou o sonho de seu pequeno filho e fez ela e marido guardarem a experiência para sempre. Em Penedo, no Rio, Milla conta das lembranças que sua foto lhe traz e deixa a gente cheio de querer estar em família.

Já a Camilinha, minha amiga que mora nas Noruegas e já teve experiências milhares em viagens a bordo de grandes navios pelo mundo, fala de seus Natal no Caribe, longe da família e seu relato a partir da foto tirada no Haiti, junto à crianças muito pobres, dá um arrepio na espinha de ler. É um relato amoroso e verdadeiro.

As duas coincidentemente trouxeram o Natal como tema e eu convido vocês a irem lá nos blogs delas conferir o texto completo. São lindos!

E quem ainda quiser escrever seja bem vindo!
Se quiser e não tiver blog manda para meu email: borboletapequeninanasuecia@blogspot.com

4 comentários:

Beth/Lilás disse...

Eu já comentei lá no Blog das duas, mas digo por aqui também que são duas boas histórias.

A da Mila é do olhar amoroso que ficou em seu memória pela alegria e emoção de seu amado filhote e, realmente, quem tem filhos sabe o quão é mágico o momento em que eles se encontram pela primeira vez com um Papai Noel. Amei!


A da Camila A-Ha, mostra que esta jovem, desde cedo, mesmo estando no conforto e luxo que era seu trabalho num super Transatlântico, sempre esteve engajada na luta e ajuda pelos mais necessitados e o que ela falou dos olhares das crianças daquele lugar em que ela foi levar um pouco da magia do Natal, realmente, é um olhar que impressiona porque diz muita coisa, diz do sofrimento que aquelezinhos já têm marcado em suas almas.
Grande Camila, admiro muito esta guria.

beijinhos para as duas e parabéns pelas lindas histórias.

Vamo lá, pessoal, mandem mais histórias aqui pra Brabuleta Somnia.
Ela tem uma nada mole vida, mas sempre encontra um tempinho para editar novidades.

Mila Viegas disse...

Oi Beth e Somnia...
Legal ver minha história por aqui!
A história da Camila me emocionou, muito bacana ler experiências assim.

Super beijos!

Somnia Carvalho disse...

Betïssima sim! lindo o post dela nao?

ce sabe que agora eu to me pegando se eu deixei o comentario la pra ela? porque quando tentei primeira vez nao foi e agora ja nao lembro...


beijcoas

Somnia Carvalho disse...

Milla, as duas historias estao emocionantes!


adorei a sua tanto quanto a da Camilinha... cada qual com um jeito lindo de ver o mundo e reviver aqueles momentos...