28 setembro 2008

Receita de um santo remédio para...

(Eu, papeando com Lujan, enquanto os moleques brincavam na areia do parque, Londres, setembro de 2008)

Depois que escrevi o post a respeito da amizade, na semana passada, a Irene me mandou a belíssima música do Renato Teixeira. Ela disse que foi a lembrança foi automática. O curioso é que na visita a minha amiga, em Londres, a gente também tava ouvindo o Renato, embora não essa mesma música. 

Aqui fica a letra e o vídeo para vocês, neste domingo de muito vento, mas sol e céu azul por aqui.

E que a gente se aconchegue nos braços dos amigos e das pessoas queridas, porque é um santo remédio para o mau-humor, a tristeza, a solidão e para uma porção de coisas mais.


...



Amizade Sincera


A amizade sincera é um santo remédio
É um abrigo seguro
É natural da amizade
O abraço, o aperto de mão, o sorriso
Por isso se for preciso
Conte comigo, amigo disponha
Lembre-se sempre que mesmo modesta
Minha casa será sempre sua
Amigo
Os verdadeiros amigos
Do peito, de fé
Os melhores amigos
Não trazem dentro da boca
Palavras fingidas ou falsas histórias
Sabem entender o silêncio
E manter a presença mesmo quando ausentes
Por isso mesmo apesar de tão raros
Não há nada melhor do que um grande amigo

Renato Teixeira


(Novos amigos Théo e Ângelo, Londres, setembro de 2008)

Um comentário:

dani disse...

Lindo o post, a música, a foto!