25 setembro 2007

Navegar e viver



Na próxima semana eu e o meu Ângelo vamos embarcar para o Brasil e talvez por isso eu tenho pensado muito no poema do Fernando Pessoa...

"Navegar é preciso; viver não é preciso".

Esta frase, que não é dele mas é citada por ele no famoso poema que coloco abaixo, fala da precisão que os navegadores daquela época julgavam ter com o advento de novas técnicas de navegação e com os conhecimentos que eles tinham sobre o assunto. Provavelmente porque os bebês ficavam em casa com as esposas...

Eu agora tenho uma "precisão" de viajar e garantir minha defesa de tese. Preciso ir neste momento por conta de prazos, porque além de navegar agora ser preciso, viver também o é. Apesar disso, eu nâo devo me esquecer de que se viver nâo é preciso, navegar pode ser totalmente impreciso quando se leva na bagagem um Angelinho de 2 meses e meio. Imprecisa como é uma defesa de tese. Impreciso como quase tudo na vida... Impreciso, assustador e apaixonante como a vida, o Ângelo e as viagens...


(O treinamento já começou aqui em Malmö... Pappis Re e Angelito tomando trem para Helsingborg)


(Angelito deslumbrado com tudo dentro de seu saco preferido... o mesmo que o levará para o Brasil...)

Navegar é Preciso
(Fernando Pessoa)

"Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa:
"Navegar é preciso; viver não é preciso".

Quero para mim o espírito [d]esta frase,
transformada a forma para a casar como eu sou:

Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso.
Só quero torná-la grande,
ainda que para isso tenha de ser o meu corpo
e a (minha alma) a lenha desse fogo.

Só quero torná-la de toda a humanidade;
ainda que para isso tenha de a perder como minha.
Cada vez mais assim penso.

Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue
o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir
para a evolução da humanidade.

É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça."


(Vista do alto de Castelo em Hensingborg, Suécia, de onde se vê outro castelo - que não é o prédio que vocês vêem ao fundo - de Helsinborg, na Dinamarca... )

5 comentários:

Tia Dri disse...

Ele tá parecendo um bonequinho nessas fotos!!! Muito bonitinho mesmo... é um fofolete pra viagem!!!!

Bjs,

Dri

Irene disse...

Ah! Tudo é preciso....
Navegar,curtir a vida,enfrentar os medos.
É preciso ter coragem,ser forte.
É preciso ir além dos nossos limites,desafiar nossos adversários.
Viajar com esta fofurinha tão pequenina é preciso.
Deixar o papai,Renato,com o coração nas mãos é preciso.
É preciso saber que estamos todos torcendo pra tudo dar certo.
É preciso saber que estamos com você.
É preciso saber viver.....
Beijos!Da vavá !Que foi preciso acostumar em ver seu filho, desde muito cedo,a navegar por outros mares.Agora ter que acostumar em ver o Angelo crescer pelas fotos é preciso.
Saber viver é preciso!!!!!!!!!

Somnia Carvalho disse...

Tia Dri, o melhor e que voce vai poder brincar com este fofolete de carne e osso ne? bjs

Somnia Carvalho disse...

Vavá, os seus comentarios ultimamente estão dignos de estar lá no post de tão bonitos!!!
Amei!

Andréa disse...

Posso imaginar como a tia Dri tá ansiosa... eu estaria, com uma fofura dessas....
Bjs
Andréa