Pular para o conteúdo principal

São os ventos de junho...

("Ventania", Anita Malfatti, 1915-16)


A manhã de hoje aqui em Malmö está assim: 

- 11 graus no termômetro
- céu e mar cinza
- chuva fina com
- vento de 64 km por hora.

Enquanto ainda é noite em São Paulo e faz:

- 15 graus 
- chuva fina, mas
- vento 4 km por hora.

A ironia é que estamos no verão, às vésperas do feriado do Midsommer, o dia mais longo do ano, e outra ironia é que depois disso os dias já começarão a se encurtar novamente.

Vocês ainda acham que existe inverno no Brasil? :)
 

Há uma semana estávamos todos curtindo o dia assim, na praia, embora eles tenham sido bem poucos se comparado com os do ano passado...


(Foto de Christer Berg, fonte: The Local)


Desde então, tem sido uma alternância entre dias com céu azul e sol com outros de chuva e ventania...


(Foto de Bertil Ericson, Fonte: The Local)

Eu espero que não sejam os ventos de junho querendo fechar o verão que nem começou...
E eu acho melhor que vocês possam curtir um inverninho aí e a gente um verãozinho aqui, porque esses sinais não são nada nada bons...

Comentários

Luciana disse…
Somnia, aqui também está assim, chuva fina, e teve dias que bem grossa, muito vento, termômetros variando de 10 a 11 Celsius. Acho que são mesmo os ventos de junho que já fecharam o verão, vamos aguardar...
Já cancelei meu churrasquinho do final de semana.
Mas vamos ter fé que esses ventos soprem em outra direcão.
Beijo
Realmente em qualquer lugar do mundo está assim...
Não se sabe em qual estação estamos!!
O inverno que aqui no Rio, começa mesmo em julho... pelo visto já começou.
Hj dia dos namorados, chove muito!
E para vc que tinha que estar um solzinho, kd?

Não entendi pq de dia longo e dias curtos!!!

bjks e torço para que melhore aí, pq aja vento.... uiii
Anônimo disse…
Muié, hoje cedo nós pensamos em vc. A frase do Gus: "nossa, com esta ventania, os vasos da varanda da Sônia devem ter tombado!". É, a coisa ta realmente feia.
Também espero que a ventania não esteja "fechando o verão"... a gente merece umas semaninhas de calor, sol e praia!

BarbieGirl, o negócio do dia longo/curto é por conta do solstício de verão... que marca o início do verão (tanto aqui, com aí). Só q o detalhe é q, como estamos muito perto o circulo polar, os dias são extremamente longos... lá no norte da Suécia, por ex, pode-se presenciar o famoso "sol da meia-noite". Se tiver tempo e curiosidade, dá uma olhada no link abaixo:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Solst%C3%ADcio_de_ver%C3%A3o

Nossa, que aula de geografia... ahahahaha!
Lúcia Soares disse…
Por aqui a previsão é de muito frio no fim de semana. Falaram até em 0 grau, mas isso não acredito. Não na capital. Tem interior de Minas (Maria da Fè) que até já caiu uns floquinhos de neve, de verdade!
Mas por aí acho que é sempre assim, não? O sol dá "o ar da graça" por pouco tempo mesmo. Fazer o quê? Se nem no "país tropical abençoado por Deus" ele quer chegar!
Menina, a primavera aqui ao Norte dos Estados Unidos tem sido com muita chuva e dias bem mais frios do que seria o normal.
Odeio.
Vamos ver se o verão que irá começar daqui a duas semanas será mais quente.
bjks
Beth/Lilás disse…
Helloooooooo!
Vortei, tava passeando lá pelas bandas do norte do Paraná e de quebra passei na sua terra natal prá comer um pastel daqueles gigantes lá no Mercadão Municipal (morra de inveja) hahaha Amanhã, terá post mostrando tudo de bom que tem em Sampa que eu adoro de paixão.

Bem, por lá estava uma friaca daquelas de rachar quengo como diz na giria gauchesca, mas tinha céu azul acompanhando e noite estrelada. Coisa de loco! Me diverti muito, vi o filhão e beijei ele demais da conta e tô meio triste de voltar, tava bão dimais da conta, minina!
É que estamos na época de S.João e tenho que falar com sotaqui mineirim, intendi minha fia!

beijos cariocas de volta.

Ah, fica triste não sá boba, ainda tem verão pela frente, espera!

E Viva S.Antonio!
Mariel Stupp disse…
Floripa tem sido ensolarada nas ultimas semanas, mas a temperatura nao anima... em 3 semanas eu chego na Suécia (e ativo um blog que venho aqui te convidar pra espiar!), espero que o tempo melhore até là!!
Meu namorado tà trabalhando na Hemkott (como trabalho de verao) e disse que tà dureza vender carne sem tempo bom pro churrasquinho sueco nos grills. rsrs
Ed. disse…
Prefiro a melancolia quente do inverno

do que a euforia molhada do verão


bjos na testa
Miecio disse…
Tempo doido viu
Por aqui ( Brasil ) não esta tão radical, mas tambem esta maluco.
Somnia Carvalho disse…
Então gente,

eu tenho outro post na cabeça para refletir essa questão do tempo...

acho que estamos colhendo tantos anos de falta de principios com a natureza, com o futuro...
mas tudo ainda pode ser bem pior daqui pra frente.

Voces viram que agora eu tenho uma secretaria virtual: a Xu anda ate mesmo me ajudando a responder comentarios!

Barbie Girl vou fazer um post so sobre o midsommer e ai exprico mais um pouquitinho.

beijocas pra todos voces

Postagens mais visitadas deste blog

"Ja, må hon leva!" Sim! Ela pode viver!

(Versão popular do parabéns a você sueco em festinha infantil tipicamente sueca) Molerada! Vocês quase não comentam, mas quando o fazem é para deixar recados chiquérrimos e inteligentes como esses aí do último post! Demais! Adorei as reflexões, saber como cada uma vive diferente suas diferentes fases! Responderei com o devido cuidado mais tarde... Tô podre e preciso ir para a cama porque Marinacota tomou vacina ontem e não dormiu nada a noite. Por ora queria deixar essa canção pela qual sou louca, uma versão do "Vie gratuliere", o parabéns a você sueco. Essa versão é bem mais popular (eu adorava cantá-la em nossas comemorações lá!) e a recebi pelo facebook de minha querida e adorável amiga Jéssica quem vive lá em Malmoeee city, minha antiga morada. Como boa canção popular sueca, esta também tem bebida no meio, porque se tem duas coisas as quais os suecos amam mais que bebida são: 1. fazer versão de música e 2. fazer versão de música colocando uma letra sobre bebida nel

Mãe qué é mãe mesmo...

(Picasso, Mãe e criança, 1921) Mãe qué é mãe mesmo... Já deu uma de cientista e foi até o quarto do bebê só para checar se ele respirava. Já despencou de sono em cima dele, feito uma galinha morta, enquanto amamentava. Já caminhou pela casa na ponta dos pés, como uma bailarina, só para não acordar o pimpolho. Mãe qué é mãe mesmo... Já perdeu a conta das mamadas e esqueceu qual o peito deveria dar. Já deu oi pro lindo rapaz que dormia ao seu lado e dormiu antes de continuar a conversa. Já adquiriu habilidades múltiplas como comer com uma mão só e fazer xixi com o bebê no colo. Mãe qué é mãe mesmo... Ama e odeia, ama e odeia. Às vezes chora e muitas vezes sorri. É ao mesmo tempo carrasca e heroína. Mãe... é uma garota crescida com uma boneca de verdade nos braços. Precisa de atenção e carinho tanto quanto seu brinquedo.

O que você vê nesta obra? "Língua com padrão suntuoso", de Adriana Varejão

("Língua com padrão suntuoso", Adriana Varejão, óleo sobre tela e alumínio, 200 x 170 x 57cm) Antes de começar este post só quero lhe pedir que não faça as buscas nos links apresentados, sobre a artista e sua obra, antes de concluir esta leitura e observar atentamente a obra. Combinado? ... Consegui, hoje, uma manhã cultural só para mim e fui visitar a 30a. Bienal de Arte de São Paulo , que estará aberta ao público até 09 de dezembro e tem entrada gratuita. Já preparei um post para falar sobre minhas impressões sobre a Bienal que, aos meus olhos, é "Poesia do cotidiano" e o publicarei na próxima semana. De quebra, passei pelo MAM (Museu de Arte Moderna), o qual fica ao lado do prédio da Bienal e da OCA (projetados por Oscar Niemeyer), passeio que apenas pela arquitetura já vale demais a pena - e tive mais uma daquelas experiências dificilmente explicáveis. Há algum tempo eu esperava para ver uma obra de Adriana Varejão ao vivo e nem imaginava que