22 maio 2011

Crescer dói

(Peraltices no jardim, Ângelo, S. Paulo, maio de 2011)

Semana passada no tapete preto fofinho da sala, rolávamos eu, Marina e Ângelo. De repente, uma conversa filosófica:

- Mamãe eu sou maior do que a Marina!

- É sim Ângelo. Bem maior!

- E a Má vai crescer e ficar do meu tamanho!

- Vai sim meu amor, mas aí você já vai ser bemmmm grandão!

- Nãããooo..., indignado.

- Vai sim..., rindo.

- Mas eu não quero!, decidido.

- O que você não quer?

- Eu não quero crescer mamãe! se aconchegando nos meus braços com voz desolada...

- ... mas Ângelo... todo mundo cresce meu amor... A mamãe também era pequena e cresceu, o papai... todo mundo... É legal crescer também porque a gente pode fazer um monte de...

- Não! Eu não quero crescer! Eu não vou crescer mamãe..., decide ele, embora sabendo que sua decisão não lhe daria tais poderes, e me abraça bem apertado.

Ah! Se eu pudesse parar o tempo...


6 comentários:

Caso me esqueçam disse...

ele esta certissimo!
quando eu era pequena, nao queria crescer tambem. eu sempre vi que a vida das crianças era muito mais tranquila, neh, minha gente: acordar tarde, ve desenho animado, brincar de massinha na escola, aprender a contar quanto eh 2 + 2. vida dificil, vida dificil...

Caso me esqueçam disse...

no entanto... quando chega os 12 a gente quer ter logo 18!

Mari disse...

Eles não querem crescer, a gente não quer que eles crescam... mas a Luisa também passou por uma fase assim: ela era um bebê e não havia quem a convencesse do contrario. Até que a Helena começou ir na escola, fazer amigos, ter varias atividades super legais e quando a Luisa me perguntava porque ela não fazia o mesmo eu dizia: por vc é um bebê. Pronto, agora ela quer ser menina grande e esta adorando esta ideia de crescer, rs.

Somnia Carvalho disse...

Luci e ainda tem o lance da gente querer ser sempre os queridinhos do papai e da mamae... com a chegada da irmazinha o angelo tem pensado muito nisso acho... que ele cresce e que ela ainda e crianca... doi ne?
sem contar todos os lances que voce falou! aiiii delicia so ter a rseponsabilidade de comer, dormir, brincar...

Somnia Carvalho disse...

Mari e consolador ouvir voce dizer isso! rs... as vezes parece que eles vao sofrer sempre com isso! sem contar a gente! rs....

Danissima disse...

meeeu, que sofrimento... eu nao quero que a A. cresça... nem que ela pare de mamar no peito... nem que a gente pare de dormir uma virada pra outra... nao quero, nao quero. Da para parar o tempo pra gente tb?