09 agosto 2007

Madredeus para sonhar

Madredeus
"O Sonho"

(Letra e música: Pedro Ayres Magalhães)

Quem contar
um sonho que sonhou
não conta tudo o que encontrou
Contar um sonho é proibido
Eu sonhei
um sonho com amor
e uma janela e uma flor
uma fonte de água e o meu amigo
E não havia mais nada...
só nós, a luz, e mais nada...

Ali morou o amor
Amor,
Amor que trago em segredo
num sonho que não vou contar
e cada dia é mais sentido
Amor,
eu tenho amor bem escondido
num sonho que não sei contar
e guardarei sempre comigo


Do lado direito do blog, vocês podem clicar e ver uma das três versões do vídeo de "O Sonho", uma música suave e deliciosa que eu ofereço para vocês que se permitem sonhar e falar de coisas "bobas", enquanto o mundo corre.


(Outra vista do jardim do outro post, Bélgica, 2006)

Nenhum comentário: