31 março 2012

Diálogos inesquecíveis com Marina: "eu não nasci de óculos", mas eu amo um!

(Pose, Marina com seus "óscus", S. Paulo, abril de 2012)

Há uns três anos, publiquei um post com um dos "Diálogos Inesquecíveis com Ângelo" e me lembrei novamente hoje, enquanto acompanhava o banho dele com a irmã, como tiro poucas fotos dela ou filmo-a tão menos ou escrevo nada quase sobre os "Diálogos Inesquecíveis com Marina".

Sem contar o fato de estar agora no Brasil e antes querer dar "notícia" para a família, com duas crianças o tempo que era escasso vira algo que não lhe pertence.

Entretanto, estas fases são tãoooo lindas, tão incríveis que penso todos os dias: "por isso a gente tem filhos! porque a natureza quer que nós nos lembremos de coisas simples assim como uma "fuguiga!"... que a gente se encante com um nossa! um cachorro atravessando a rua... Sim! Aquele animal estranho com um rabo pendurado atrás e faz: "au, au, au".

Aqui vai uma foto da Marina quem me só confirma como é maravilhoso poder acompanhar um ser humano se desenvolver. Esta fase de aprendizado das palavras então! (poponatu, leãão, tigui, lafa) Ai! dá vontade de morder, daí então eu beijo o tempo todo a coitada!

Vai também um dos milhares de "Diálogos inesquecíveis" com ela para que, apesar do pouco tempo de registrá-los, quando a memória falhar na velhice ou se a menina um dia duvidar de sua importância eu tenha um pouco disso registrado:

(Óculos de sol com pijamas será o must do outono inverno brasileiro, Marina, S. Paulo, abril de 2004)

- Mamãe! Mamãe! uda!
- Que você quer Má?
- Uda!, apontando alguma coisa na cômoda. Óscus, mamãe! Uda!
- Ah! você quer os óculos Má!, caindo na gargalhada.
- É mãmãe! óscus! uda!

Depois de colocado e muita pose se olhando no espelho.

- Má, deixa a mamãe tirar uma foto da Má de óculos?
- Tila mamãe!
- Pronto! Tirei!
- Mais uma mamãe!
- Pronto!
- Mais mamãe!, com mais poses...
- Pronto!
- Ôta mamãe!...
- hahahaha Marina!

Um comentário:

Lúcia Soares disse...

Nada vale mais no mundo, né?
Marina está uma linda, fofa, delícia!
Acontece em toda família, o primeiro filho tem sempre mais fotos...rsrsr
Fiz um diário para os 3, a primeira agenda foi quase até o final.
A segunda foi até o meio.
A terceira ocupou algumas páginas...rsrsr
De todo jeito, que bom registrar, eu sinto muito não ter fotos de quando éramos crianças e o mais interessante é que me lembro de que meu pai tinha uma "senhora" máquina fotográfica, se não me engano alemã. Acho que a revelação era tão cara que não valia a pena tirar as fotos...rsrsr Será?
Beijo!