16 novembro 2007

Fyra månade från Angelito



Hoje, dia 16, faz quatro meses que o Ângelo nasceu.

Todo mundo sabe que há dezenas de razões para não se ter um bebê. Entre tantas eu diria que continuar sendo a mesma pessoa e ter a possibilidade de continuar fazendo todas as coisas muito legais que você sempre fez seria a principal delas.

Mas eu percebi nessas semanas que há dezenas de outras razões para amar a nova vida que um bebê pode lhe trazer.
Você pode ser obrigado a mudar, mas verá que muitas outras novas possibilidades se abrem. E se descobrirá feliz, extremamente feliz e agradecido por poder experimentar esse seu novo lado, essa nova pessoa e esse novo jeito de viver.



Ouvir o barulhinho do bebê acordando no outro quarto e correr para ver seu sorriso largo e gostoso,
Beijar, beijar e beijar seus pezinhos fofos e delicados enquanto troca-lhe a roupa,
Acariciar sua pele suave e perder-se por algum tempo contemplando sua perfeição.
Sentir seu rostinho e seu cheirinho enquanto ele tem a cabeça colada ao seu pescoço ou
Brincar, rolar num tapete colorido e ficar encantado com a rapidez com que ele aprende tudo
são algumas das deliciosas, simples e abençoadas (como diz minha mãe) coisas que uma criaturinha assim pode proporcionar.

O grande problema é que você só conseguirá acreditar em mim se experimentar.
Eu como só acreditei vendo, tô aqui para incentivar.

Nesse manhã de 16 de novembro já abracei demoradamente a pequenina pessoa que tenho aqui e sei que o pai também o fará assim que chegar de viagem, porque com o Ângelo percebemos ainda mais o quão bela é a Vida (com V maiúsculo).

* A tradução para o título informal que inventei e que tá em sueco seria "Quatro meses de Angelito".

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelos quatro meses de vida do Angelinho, que, apesar de tão pouco tempo, tem vivido intensamente cada segundinho com uma descoberta diferente.

Bjs.

Tia Dri.

cindybattaglia disse...

Nossa Sônia, quatro meses já se passaram...
Acho que hj fiquei meio nostalgica, pois ontem foi a prova da Unicamp e eu estava lendo a prova hoje. Deu uma saudade das nossas aulas, da expectativa do resultado, do seu incentivo até o finzinho....
Lembrei-me de vc falando sobre ter um filho, o medo do parto, e tudo mais e me dei conta que nós nem conversamos sobre como foi o parto. E já se passaram 4 meses disso tudo...
Parabéns para o Ângelo e para os pais dele que o receram com tanto amor e que têm enfrentado grandes desafios para dar o do bom e o do melhor para esse menino encantadoramente lindo!!!!
Beijos
Cindy

Somnia Carvalho disse...

Cindoca, querida,
verdade... já se passaram meses e a gente ainda nessa tentativa de falar mais... Sabe que eu também tenho uma saudade danada das aulas? de dar aula no cursinho, de dar aula para você que me forçava a aprender para ensinar... muito bom mesmo!
sobre o parto, eu prometo: escrevo algo em breve... beijossssss