05 novembro 2007

"A universalidade da música" ou "Uma sueca, uma brasileira e uma canção para uni-las"


(uhlll!! Uma música, e eu unida a muita gente no meu casamento, janeiro de 2002. Foto de Rafaela Azevedo)

Esses dias, num raro momento, vi um trecho de um curioso programa sueco na TV.
Um apresentador e um visitante (que me pareceu ser alguém famoso aqui ao que entendi) falam a respeito de música e canções prediletas do entrevistado.

Naquele dia uma sueca muito simpática escolhera a canção " Bridge Over Troubled Waters", do Paul Simon e que ficou conhecida na voz dele com Garfunkel nos anos 70 e também com a interpretação monumental do Elvis.
Eu entendi um pouco dos comentários que eles fizeram, mas ouvi muito bem a canção que foi tocada integralmente no programa.

Em uns segundos me senti há muuuitos anos atrás, quando eu, ainda criança, ouvia essa música no Brasil. Não sei exatamente onde eu ouvia, mas me lembrei de Simon e Garfunkel. Me lembrei da sensação maravilhosa de ouvir a combinação perfeita daquelas duas vozes.

Foi então que percebi que, embora eu gostasse tanto da música, só naquele momento me dei conta da letra... Uau! dei um suspiro! Que lindo! Que maravilha de letra! Perfeita combinação entre letra e música Por essa razão, mesmo não conhecendo a letra lá em minha pré-adolescência, eu sabia... tratava-se de algo muito profundo.

Uma descrição poética e perfeita do amor. Do amor doação que raramente encontra-se por aí e que poucos são capazes de dar ou se você preferir (e por que não?) do amor divino para com suas criaturas.

Ao terminar a reprodução do concerto do Central Park no programa, a câmera voltou-se para a sueca simpática. Ela estava com os olhos emaranhados em lágrimas enquanto eu, do outro lado da tela, tinha a saliva presa na garganta.

Neste manhã fria (8 graus), linda e ensolarada, uma canção para a gente celebrar o encontro com essas pessoas que cruzam nosso caminho e se dedicam a ser pontes quando as águas estão agitadas demais a nossa volta.

E brincando de Blitz e de programa de rádio da adolescência eu dedico esta canção a todos vocês que passarem pelo blog, em especial a uma das pessoas mais lindas que conheço, o Renato.


(Eu e Renato, transportados por uma música qualquer ao nosso silêncio, janeiro de 2002. Foto de Rafaela Azevedo)

Por favor pare uns minutos. Clique no link do lado direito da tela. Ouça essa maravilhosa canção e se una a mim e a sueca simpática neste dia...

Bridge Over Troubled Waters
(Ponte Sobre Àguas Agitadas)

Paul Simon & Art Garfunkel/Elvis Presley

When you're weary, feeling small,
When tears are in your eyes, I'll dry them all.
I'm on your side, oh, when times get rough,
And friends just can't be found,
Like a bridge over troubled water,
I will lay me down,
Like a bridge over troubled water,
I will lay me down.

When you're down and out,
when you're on the street,
When evening falls so hard,
I will comfort you.
I'll take your part,oh,
when darkness comes,
And pain is all around,
Like a bridge over troubled water,
I will lay me down,
Like a bridge over troubled water,
I will lay me down.

Sail on silvergirl,
sail on by,
Your time has come to shine,
all your dreams are on their way.
See how they shine,oh,
if you need a friend,
I'm sailing right behind,
Like a bridge over troubled water,
I will ease your mind.
Like a bridge over troubled water,
I will ease your mind.

.....

Ponte Sobre Àguas Agitadas
Simon&Garfunkel/Elvis Presley

Quando você estiver cansada, sentindo-se insignificante,
Quando lágrimas estiverem em seus olhos, eu vou secá-las todas.
Estarei do seu lado, quando os tempos ficarem difíceis
E amigos simplesmente não puderem ser encontrados,
Como uma ponte sobre águas agitadas
Eu me estenderei.
Como uma ponte sobre águas agitadas
Eu me estenderei...

Quando você estiver desanimada,
Quando você estiver na rua,
Quando a noite cair tão rigorosa,
Eu te confortarei,
Eu ficarei do seu lado.
Quando a escuridão chegar,
E a dor estiver em todo lugar,
Como uma ponte sobre águas agitadas
Eu me estenderei.
Como uma ponte sobre águas agitadas
Eu me estenderei...

Navegue adiante, garota prateada,
Navegue além.
Sua hora chegou para brilhar,
Todos os seus sonhos estão encaminhados,
Veja como eles brilham...
Se você precisar de um amigo,
Estarei navegando logo atrás.
Como uma ponte sobre águas agitadas
Eu acalmarei sua mente.
Como uma ponte sobre águas agitadas
Eu acalmarei sua mente...

5 comentários:

Mafer disse...

Valeu!!!!

Tia Dri disse...

Lindo! Post e música de arrepiar...

Luciana Lyra disse...

Nossa eu fiquei mesmo muito emocionada com a postagem, baixei a música e é muito linda mesmo...nem sei como acabei entrando no seu blog mas acredito que nada é por acaso.Sou viciada em ler blog e o seu está demais. PARABÉNS!!

Somnia Carvalho disse...

Mafer e Tia Dri,
Estar conectada a voces duas, nem que seja dessa maneira virtual, ja vale a pena...

Somnia Carvalho disse...

Obrigada Luciana!!! muito bom saber que o acaso trabalha a nosso favor!
Li seu blog e voce tambem escreve bem! E ler seu perfil me fez lembrar do passado... quando estive no sertao de Alagoas, numa cidade chamada Maravilha, trabalhando no Universidade Solidaria... ai que tempo legal!!! beijos