Pular para o conteúdo principal

Carnaval é a Páscoa? Pensamentos desatinados de uma Borboleta atarefada

(Uma plantação linda e amarela de Daffodils)

A "Luci Doida que mora em Paris" e outras de vocês haviam já constatado meu sumiço ou perguntado o porquê dele.
Peguei-me agora pouco escrevendo um post pra vocês sobre o como eu amo de paixão os Daffodils, uma flor que nasce de um bulbo (tipo uma batata) no início da Primavera na Suécia.

Elas também são o signo maior da Páscoa.

E então eu fiquei meio maluca tentando relacionar lé com cré, porque eu ainda tenho visto meus amigos de lá postando imagens cheias de neve. E meo! Neve e daffodils definitivamente não combinam!

Meu cérebro extremamente dotado e minha memória sagaz me fizeram ainda deduzir que: se não tem sol, não tem daffodil. Se não tem daffodil não pode ser a Páscoa. Ó ralhos! Mas qual é mesmo esse feriado longo que estamos?

Carnaval!

Sim! Disso eu sei, os amigos só falam disso! Por que cargas d'água então eu pensei em Páscoa e Daffodil? E por que ó Maria! eu comprei uns lírios amarelos e outras florezinhas no Pão de Açúcar hoje de manhã para celebrar o longo feriado do Carnaval com a Páscoa?

Sim, eu sei! Eu tô maus! hihihi...

As causas: podem ser muitas! Uma delas, com certeza é aquela minha Síndrome de Homer antiga. A outra que eu destacaria é uma que deveria ter sido uma boa notícia para eu dar há algumas semanas pra vocês, mas nesse momento eu nem consigo mais ter certeza se é: eu estou trabalhando!

Yes! Obrigada pelas palmas!

No fim do ano fui chamada para ser professora de Filosofia, Sociologia (pois para quem não lembra além de blogueira, pintora, palestrante, professora de redação, mãe e mulher presente eu também faço essas coisinhas). Além delas, uma disciplina legal chamada Mídias num dos maiores colégios de São Paulo. Foi tudo meio louco com reuniões longas de planejamento, com preparação de muitas aulas, com aulas particulares, com início da Marina na escolinha junto com Ângelo por 4 horas e tantas coisas mais.

Perceberam inclusive que eu sumi do "Toda Sexta-Feira"? Pois é! Para isso eu tenho outras explicações longas, mas estas também fazem parte!

A cada coisinha eu quis vir falar algo e dividir com vocês minhas companheiras e companheiros de longa data, mas, como provavelmente notaram, a coisa ainda tá feia pro meu lado!

Depois de 5 (cin-co!) anos "sem trabalhar" (vocês se lembram como eu "não trabalhava na Suécia") voltei com tudo. Tenho tido dificuldades de quem à antiga vida retorna como ter de lidar com uma idade não muito fácil que é a adolescência e seu turbilhão de emoções.

Por outro lado, tenho tido também muitas alegrias como ver um dos alunos particulares meu, o mais esforçado ter entrado na USP e na Unesp (Aí Guilherme!) com uma super ajuda minha em redação. A outra é  ter também sentir que minha fala, minha experiência e meu conhecimento pode fazer diferença na vida destes estudantes.Tem trabalho que não acaba mais, mas cest la vie! Não se pode ter tudo ao mesmo tempo agora, já refletia a filósofa Somnia em tempos outroros!

Então é isso!

Eu desejo uma Feliz... Ops! Um Bom Carnaval pra todos vocês! E não faz mal lembrar que:

Se você for dirigir, use camisinha!
E se for transar, não dirija!

Beijocas da Borboleta Malucae uns Daffodills amarelinhos porque mesmo em Carnaval eles não fazem mal!

Comentários

Beth/Lilás disse…
kkkkkk
Como é que é: 'se for dirigir,use camisinha" ai, você é uma figuraça!
Menina, logo vi que tinha coisa acontecendo contigo, mas pressenti que seria coisa boa, afinal as coisas ruins já passaram.
Legal! Fico contente por você estar na ativa, produzindo e levando ajuda e conhecimento para os mais jovens.
O país precisa de gente assim como você que foi lá fora, aprendeu muito e voltou para ensinar aqueles que estão começando.
Então, um bom feriado de páscoa, ooooooops, quer dizer, feriado de carnaval. Eu também sou uma anta para me confundir com tanto feriado por aqui.
beijinhos nas crianças e pra você um super, hot, beijo carioca.
Tatiana disse…
Que delícia, Sonia! Parabéns e não deixe de aparecer por aqui de vez em quando.

Beijo grande e boa sorte!
Tati

Ps.: Eu conheço essa flor como narciso. Pelo menos como sendo uma variedade de narciso.
Lu Souza Brito disse…
Somnia, você é uma figura, ahahahahhaha. Páscoa e carnaval? Não importa, as florzinhas amarelas são lindas, ahaha.
Outro dia me peguei falando lé com cré e lembrei de você, pois aqui é o unico lugar que leio isso.
Que loucura hein? Vi pelo face que tá no Pueri é? Parabéns e boa sorte com a 'moçada', ahahahahah.
Adooooooro seus posts, parece que estou ouvindo-a falar.
Ei, minha casa tá nos 'finarmente'. Neste momento brigando com o Walmart para entregar meu fogão. Novela longa esta de casadecoração/poucagrana/maridoocupado.
Beijos
saudades de vc!
caso.me.esquecam disse…
ah, agora ta explicado e bem explicado. affy, depois de cinco anos sem trabalhar, ou estaria com muita vontade ou eu estaria em panico! boa sorte ;)

ah, e a luci doida mora em lyon, nao em paris :X
Fernando disse…
Sônia, ainda bem que o motivo do sumiço foram coisas boas, muito trabalho e os afazeres do dia a dia, parabéns pelo novo emprego, e sorte desses alunos que terão uma professora competentissima.
E essa flor tem por aqui tambem, se chama suisen, e floresce de janeiro a começo de março, bem quase acabou, já vejo bem poucas pelas ruas, abraço.
Lúcia Soares disse…
Desejo a você muito sucesso na carreira recomeçada.
Nada como lidar com os jovens, para manter a juventude. Não sei os jovens de agora, quando tudo está tão louco!
Beijos e saudade.
Xu disse…
Tava sentindo falta de dar umas boas risadas com a brabulets! Amei sua relacão maluca de carnaval com flores amarelas (desculpa, não consigo falar nem escrever o nome da dita cuja...rsrsrs) da páscoa sueca... só vc mesmo!

saudade grande de sempre

bjs
Anônimo disse…
Rsrsrs!! Boa sorte nessa sua nova caminhada!!! E é claro não nos deixe sem seus comentarios, posts!!!!!

As flores são lindas!!!
boa viagem
em seus pensamentos!!!
Ai como eu adoro vir aqui me perder nos seus textos...

Nunca havia deixado um comentário mas já me dediquei a ler quase seu blog inteiro e a cada post ficava mais encantanda com suas histórias mas sobretudo como você as descreve.

Professora de redação, só podia ser....rsrsrs!!! Amo!

Que bom que voltou e mesmo com a vida atribulada, tenta vir mais vezes.

Sucesso e abraços,

Roberta

Postagens mais visitadas deste blog

"Ja, må hon leva!" Sim! Ela pode viver!

(Versão popular do parabéns a você sueco em festinha infantil tipicamente sueca) Molerada! Vocês quase não comentam, mas quando o fazem é para deixar recados chiquérrimos e inteligentes como esses aí do último post! Demais! Adorei as reflexões, saber como cada uma vive diferente suas diferentes fases! Responderei com o devido cuidado mais tarde... Tô podre e preciso ir para a cama porque Marinacota tomou vacina ontem e não dormiu nada a noite. Por ora queria deixar essa canção pela qual sou louca, uma versão do "Vie gratuliere", o parabéns a você sueco. Essa versão é bem mais popular (eu adorava cantá-la em nossas comemorações lá!) e a recebi pelo facebook de minha querida e adorável amiga Jéssica quem vive lá em Malmoeee city, minha antiga morada. Como boa canção popular sueca, esta também tem bebida no meio, porque se tem duas coisas as quais os suecos amam mais que bebida são: 1. fazer versão de música e 2. fazer versão de música colocando uma letra sobre bebida nel

Mãe qué é mãe mesmo...

(Picasso, Mãe e criança, 1921) Mãe qué é mãe mesmo... Já deu uma de cientista e foi até o quarto do bebê só para checar se ele respirava. Já despencou de sono em cima dele, feito uma galinha morta, enquanto amamentava. Já caminhou pela casa na ponta dos pés, como uma bailarina, só para não acordar o pimpolho. Mãe qué é mãe mesmo... Já perdeu a conta das mamadas e esqueceu qual o peito deveria dar. Já deu oi pro lindo rapaz que dormia ao seu lado e dormiu antes de continuar a conversa. Já adquiriu habilidades múltiplas como comer com uma mão só e fazer xixi com o bebê no colo. Mãe qué é mãe mesmo... Ama e odeia, ama e odeia. Às vezes chora e muitas vezes sorri. É ao mesmo tempo carrasca e heroína. Mãe... é uma garota crescida com uma boneca de verdade nos braços. Precisa de atenção e carinho tanto quanto seu brinquedo.

O que você vê nesta obra? "Língua com padrão suntuoso", de Adriana Varejão

("Língua com padrão suntuoso", Adriana Varejão, óleo sobre tela e alumínio, 200 x 170 x 57cm) Antes de começar este post só quero lhe pedir que não faça as buscas nos links apresentados, sobre a artista e sua obra, antes de concluir esta leitura e observar atentamente a obra. Combinado? ... Consegui, hoje, uma manhã cultural só para mim e fui visitar a 30a. Bienal de Arte de São Paulo , que estará aberta ao público até 09 de dezembro e tem entrada gratuita. Já preparei um post para falar sobre minhas impressões sobre a Bienal que, aos meus olhos, é "Poesia do cotidiano" e o publicarei na próxima semana. De quebra, passei pelo MAM (Museu de Arte Moderna), o qual fica ao lado do prédio da Bienal e da OCA (projetados por Oscar Niemeyer), passeio que apenas pela arquitetura já vale demais a pena - e tive mais uma daquelas experiências dificilmente explicáveis. Há algum tempo eu esperava para ver uma obra de Adriana Varejão ao vivo e nem imaginava que