31 agosto 2012

Nem Carminha, nem Nina! Vá de Dora!

(Ed, o autor de "A Menina da Saia de Tule" e "Ele não sabia dançar", e sua amiga Ana Serroni, curtindo a vida adoidados!, Itaipu, 2012, foto de Camila Rinaldi)

Faz um tempo que não falo aqui da "Menina da Saia de Tule", mas ela continua por lá, firme e forte!

Estamos no capítulo 10! Um livro inteirinho publicado pelo meu amigo Ed (e uma ajudinha minha) através da net e só falta você palpitando, lendo e torcendo pra não só a menina não se dar mal, como para nós também alavancarmos este blog!

Esperamos vocês por lá! Prestigiem o Ed (esse cara da foto aí de cima) porque o (peraí que vou procurar no google) ... o João... (peraí que esqueci!) Emanuel Carneiro, autor da novela da Globo (da qual nunca nem assisti meio capítulo, mas gosto de falar mal :)), já tem fama, dinheirinha e sucesso suficiente! rs...

Hoje, capítulo 10 de "A Menina da Saia de Tule" no ar: Amor cego, faca amolada. 

E pode curtir que a gente gosta!






Messy Blog


Personas queridas,

Se vocês têm aparecido por aqui estes dias pode ter acontecido de ter encontrado um blog louco!
Com mudanças de template o tempo todo, faltando informações de links, ícones para fazer comentários etc.

Essa pessoa aqui está tentando mudar a cara do blog, porque eu sou assim que me dá na lôca e eu preciso mudar urgentemente o layout da casa, da roupa, do blog qualquer coisa que me deixe com sensação de ter controle.

O problema é que já testei várias coisas e ainda não cheguei ao que queria. Quero um blog mais dinâmico, mas que me agrade esteticamente e blá blá blá. Até lá, peço desculpas a vocês pelas bagunças e, quando possível, pode me avisar de problemas, se der!


Beijos e abraços e ótima sexta-feira!

28 agosto 2012

Eu tô ouvindo "Chan Chan" e você?



Tô aqui fechando boletins etecétera e taus ao som do Buena Vista, porque, como já disse antes, sou mo-vi-da à música!

Acho que uma das coisas mais marcantes de nossa era é o incrível e facílimo acesso que se tem a qualquer minuto a músicas do mundo todo! E eu amo isso!

Theodor Adorno, filósofo que nos anos 30 defendeu que a Indústria da Música não nos dava espaço algum para escolha, talvez precisasse repensar a tese, (So do I!) bem como eu escreveria um capítulo a mais na minha se o fizesse hoje!

Ainda que a opção acabe por ficar nos "nossa! assim você me mata!" eu fiquei realmente impressionada com a diversidade de gosto entre meus alunos muito jovens do segundo grau. Uma grande parte passa por todos os gostos, ouve um pouco de tudo, é fã das mesmas bandas que nós éramos e são orgulhosos disso. Falta só uma pitada boa de música clássica, embora, eu saiba, a música clássica não seja a música dessa época.

E aí que agora eu fiquei curiosa para saber que tipo de música você seleciona para uma manhã como esta? Diz aí pra gente: que cê tá ouvindo agora?


22 agosto 2012

A Lola, a Somnia e a história de um livro que nos reuniu

(Eu e Lolíssima, em encontro memorável, na Livraria da Vila, S. Paulo, maio de 2012)

Algum tempo atrás (nem acredito que já faz uns três meses!) eu mencionei rapidamente aqui que eu tinha um "encontro marcado" com a Lolíssima aqui em São Paulo por conta do lançamento do livro dela, "Escreva Lola Escreva: Crônicas de Cinema".

Eu fiz das tripas coração aquele dia para estar na Livraria da Vila e conhecer a pessoa por quem nutro uma admiração, uma amizade e um carinho e-nor-me há uns quatro anos, desde que vivendo na Suécia e escrevendo um blog, eu vim a cruzar com o admirável mundo da Lola. 

Nestes anos a Lolinha meio que virou celebridade através de seu blog. O "Escreva Lola Escreva" disparou cada dia mais em centenas e centenas de visitantes, milhares de seguidores e admiradores (ou críticos) fiéis. Nestes anos eu devo admitir que aprendi horrores visitando a Lola e lendo suas opiniões abertas, muito críticas e cheinhas de personalidade. 

Então quando tomei uns tantos ônibus e deixei as crianças em casa com a sogra eu também devo confessar que fiquei ansiosa por chegar lá e abraçá-la, mas era como se eu fosse abraçar uma amiga a quem eu não via há alguns anos e não que eu nunca tivesse visto pessoalmente. 

Esperei pela Lola, quem estava presa no trânsito, por uma hora e tanto. Fui comer algo, voltei e lá estava ela, toda tímida, em meio a algumas pessoas que haviam vindo, como eu, prestigiá-la. Ai gente! Que encontro gostoso! Foi tudo muito corrido, porque eu tenho um defeito horrível de ser muito mal organizada com tudo e tinha uns 15 minutos apenas para falar com ela, mas eu saí tão feliz só de abraçar minha ex-amiga virtual.

Fiquei pensando como alguém tão inteligente pode ser tão humilde e carinhosa. Como alguém que inspira tanta gente consegue dar valor a um e outro em particular como se a gente também a inspirasse de alguma forma. 

A Lolíssima é tudo o que imaginei nestes anos e muito, muito mais. 

Peguei meu livro e esperei pelo meu autógrafo que fui ler apenas no táxi, voltando pra casa. E aí o meu costumeiro xororô..

Li o livro todo enquanto ia para o trabalho naquela mesma semana e desde então eu tenho esperado a Lola avisar como venderia seu livro para divulgar pra vocês. Então isso foi há outras várias semanas, mas eu não podia deixar de registrar minha alegria daquele dia e divulgar o livro da Lolíssima pra vocês! De quebra, peguei esta fotinho da gente juntas lá que o fotógrafo tirou nos minutinhos corridos de prosa nossa.

Bom, quem comprar o livro (que é bom e barato!) tem direito a dedicatória legal e tudo o mais e recebe o livro pelo correio!

Então, se você quer um é só passar por lá e pedir o seu! Só não vale receber dedicatória mais bonita que a minha! Isso não vale hem Lola!

Maiores detalhes neste link aqui!

Boa noite!!!


21 agosto 2012

Um curso de 3 dias para sua vida mudar de rumo! Você quer?


Bom dia gente querida!

Queria saber se acaso já passou pela cabeça de alguns de vocês deixar a vida que têm e mudar totalmente o foco do que fazem. 

Você já desejou viver de algo que faz bem e ama fazer, mas não sabe exatamente como começar a fazer isso? Ou já até fez um teste mas desistiu porque se sentiu perdido sem saber como continuar e ter sucesso?

Queria dividir com vocês uma descoberta muito legal que venho fazendo a respeito de marketing digital, ou seja, como usar a internet para criar maneiras muito mais eficazes de vender ideias e produtos. 

Eu sei a Somnia falando em "markenting digital" parece algo como "meo, a mulher foi abdusida por ETs e agora está querendo levar a gente com ela!", mas fiquem tranquilos! Eu estou só cheinha de ideias, transbordando! E muito feliz pelo fato de estar tentando colocá-las em prática!

Nesse negócio de marketing digital eu tô só começando, mas o "guru" que tem me ajudado muito nisso é o Érico.

O Érico é irmão do Ênio, aquele meu amigo de quem já falei algumas vezes aqui quando expliquei sobre um curso fantástico que fiz ano passado.

Tenho uns projetos muuuito legais aqui que logo partilharei com vocês!

Por ora, queria deixar com vocês o link do site do Érico onde ele dá dicas imperdíveis de como começar ou alavancar seus negócios pela internet e tudo de uma maneira fácil e uma linguagem extremamente acessível.

O Érico é daquelas pessoas a quem a gente admira, aprende com, vê no jeito simples e leve de levar a vida um exemplo pra ser seguido. Ele estará em São Paulo dando um curso sobre marketing digital e falta muito pouco para as inscrições acabarem.


Aqui vai é o link para se inscrever no curso:


E aqui o link para você ver uma sequência de 3 vídeos grátis do Érico. É só dar seu email e tem acesso ao conteúdo. Clique na frase abaixo:


Não deixe de clicar! Tenho certeza de que ele tem algo pra você também!

Beijos, Somnia.

16 agosto 2012

Você será uma mulher... em breve!




Bom dia! Bom dia! Bom dia!

Hoje é quinta-feira e não pude resistir a vir aqui dar um "oi!" para vocês todas e todos aqui! E dizer que eu espero que seu dia seja uma delícia e cheinho de energia!

Aqui vai uma música que minha amiga, Dri Silveira, me enviou esses dias para me lembrar de como eu e ela fazíamos uma festa danada toda vez que íamos sair para paquerar, dançar, se divertir na época da faculdade, lá na Unicamp.

Esta música, da trilha sonora do filme Pulp Fiction, era nossa trilha sonora para nos arrumarmos... A gente dançava, cantava na escova de cabelo, de cima da cama, sonhando com abraços, beijos e noites cheias de riso.

O dia que ela me mandou o vídeo eu mandei uma mensagem pro meu maridu lindu, o Renato, lembrando-o como eu o amo, porque era ele o mocinho para quem eu me arrumava enquanto ouvia e dançava o "Girl you will be a woman soon!"...

Não é bom demais sentir-se vivo assim!

Tô aqui dançando! Hoje é meu dia de folga, mas você pode dançar onde estiver aí também!!!

Beijos! Tava morrendo de saudade de vocês!!! ...

...


Girl, You'll Be A Woman Soon

Girl, you'll be a woman... soon


I love you so much, can't count all the ways
I've died for you girl and all they can say is
"He's not your kind"
They never get tired of putting me down
And I'll never know when I come around
What I'm gonna find
Don't let them make up your mind.
Don't you know...


Girl, you'll be a woman soon,
Please, come take my hand
Girl, you'll be a woman soon,
Soon, you'll need a man


I've been misunderstood for all of my life
But what they're saying girl it cuts like a knife
"The boy's no good"
Well I've finally found what I'm a looking for
But if they get their chance they'll end it for sure
Surely would
Baby I've done all I could
Now it's up to you...


Girl, you'll be a woman soon,
Please, come take my hand
Girl, you'll be a woman soon,
Soon, you'll need a man


Girl, you'll be a woman soon,
Please, come take my hand
Girl, you'll be a woman soon,
Soon but soon, you'll need a man