05 janeiro 2013

"Deslize sua mão dentro da minha"?


("Lift me", Ane Brun & Madrugada)

Porque hoje é sábado...
Porque sábado é dia de pão fresquinho e suco de laranja.
Porque sábado é dia de café da manhã demorado e na sacada.
Porque sábado é dia da criançada ficar com o pijama até mais tarde.
Porque sábado é dia de música boa na vitrola...
E de deslizar a mão dentro da mão de alguém.

Para dividir uma das músicas mais adoráveis que conheci nos últimos ano e agradecendo de novo Camilitas, que está no Brasil e espero ainda ver este ano, por tê-la dividido um dia comigo.

Aqui vai uma norueguesa muuuito boa!

"Lift me"
"lift me – lift me from the ground
and don´t ever put me down – oh no
and don’t pick a fight with me
just flip a coin my love – you’ve won
oh Love – slips her hand inside my hand
oh Love – slips her hand inside my hand
I don´t care if you don’t want me
I’m yours – I’m yours right now
our years – are years well spent
we may never find out where they went – oh no
and I don’t mean to fight with you
now all our troubles and all our struggles they are through
oh Love – slips her hand inside my hand
oh Love – slips her hand inside my hand
I don´t care if you don’t want me
I’m yours – I’m yours right now
the wolf and the fox
they’re sleeping soundly with the elk and the ox
there’s a starry field around
this lowlit kingdom
where all our defences are down
oh Love – slips her hand inside my hand
oh Love – slips her hand inside my hand
I don´t care if you don’t want me
I’m yours – I’m yours right now
Wrecked, poor, naked and blind
I’m yours – I’m yours -right now"

03 janeiro 2013

O que você deseja criar para si mesmo em 2013?


("Halleluja", Ebba Forsberg)

Voltei de viagem de fim de ano ontem a tarde. Dias no sol de uma praia abençoada. Encontros gostosos e calorosos com família e amigos queridos no Natal e Ano Novo. Meu fim de ano foi uma alegria imensa e hoje estou aqui começando 2013 de fato.

Começo o dia ouvindo Hallelluja, de Jeff Buckley, em várias versões suecas só para ouvir o idioma que gosto tanto e, meio que, de uma forma louca, sempre ajuda a recuperar quem sou. 

Faço uma lista gigante, separadas por "Fazer", "Consertar", "Comprar", "Reformar", "Organizar". São uma centena de coisas que "carreguei" do ano que acabou sem ter conseguido dar conta. Faço a listinha, sentindo uma energia deliciosa em viver este ano. Ouço a música meio que agradecendo meu 2012 e aí a vontade enorme de vir até aqui pra te dizer umas coisinhas:

Eu espero que seu Ano Novo não seja apenas o recomeço de um novo período, mas seja de fato o começo de algo antes não experimentado. Uma ideia, uma atitude, uma palavra... E que você ouse fazer as mesmas coisas que fazia, mas com as quais não via resultado bom suficiente, de uma forma totalmente nova. 

Eu espero que você tenha energia para fazer este começo e não acabe sendo derrotado por si mesmo e queira apenas recomeçar a fazer tudo de novo como sempre foi. 

Eu desejo, de todo coração, que você consiga estar agradecido e agradecida pelo que conseguiu no ano que passou e que se lembre de incluir os abraços, os dias regando suas plantas, as visitas feitas
àquela tia velha, a comida preparada com carinho por sua mãezinha, o sorriso espontâneo de seu pai vivido.

Eu desejo que você crie para si mesmo uma possibilidade de ser um outro você mesmo para este ano, como   por exemplo "crio a possibilidade de ser livre", "feliz", "comprometido", "ousado", "carinhoso", "comunicativo" e siga perseverante para colocar esta possibilidade em prática. 

Eu desejo que você tenha manhãs maravilhosas e felizez, apesar de ter uma rotina para cumprir no dia. E que a rotina não se repita se não tiver feliz cumprindo-a.

Eu desejo que você não se esqueça de pensar em si mesmo como um órgão de um corpo maior e que tenha  compaixão pelos outros membros deste corpo. Que consiga tirar deste ano energia para cuidar de gente que precise muito mais que você de quase tudo e teve muito pouco a agradecer pelo ano que passou.

Eu desejo que você sinta meu abraço apertado aí e quero de novo te agradecer por ter estado do outro lado e ser sempre este espaço onde eu venho me buscar, onde venho lembrar quem sou, onde tenho vontade de criar para mim sempre uma forma de agradecer, planejar e realizar meus sonhos, onde posso fingir que estou ao seu lado e me digo coisas que quero ouvir e pôr em prática.

Um Excelente 2013!!! E não se esqueça que uma vida sem problema não existe, mas uma vida em que os problemas sugam toda sua energia e felicidade aí sim já não é de fato uma vida sendo vivida.

Da sempre brega e apaixonada, Somnia que agora adoraria ouvir sua declaração para 2013.

O que você quer criar para si mesmo em 2013?